Professor digital? Conheça 4 plataformas que ajudam no aprendizado substituindo a figura humana - Atitude Tocantins
Professor digital? Conheça 4 plataformas que ajudam no aprendizado substituindo a figura humana
Brasil Cultura Educação Notícias Tecnologia

Professor digital? Conheça 4 plataformas que ajudam no aprendizado substituindo a figura humana

Professor digital? Conheça 4 plataformas que ajudam no aprendizado substituindo a figura humana
Avalie esse post

No mês dos professores, plataformas e aplicativos com “professores digitais” auxiliam as pessoas a aprender de forma mais prática e rápida 

por Fernanda Maranha

A tecnologia têm transformado diversos espaços, e não seria diferente no mundo do aprendizado. Atualmente, é possível aprender diversas coisas novas, desde praticar exercícios físicos corretamente, até mesmo um treinamento corporativo, tudo com a ajuda de plataformas online que funcionam como “professores digitais”, que te guiam e auxiliam no aprendizado.

No mês dos professores, conheça quatro aplicativos que revolucionam a forma de aprender:

1. Freeletics 

O Freeletics é um aplicativo de exercícios físicos com uso de inteligência artificial. Na prática, o treino com esse aplicativo baseia-se em treinos funcionais, nos curtos e eficazes treinos intervalados de alta intensidade (HIIT)  que podem ser realizados com o próprio peso do corpo ou com equipamentos adicionais, se desejado e ainda treinos de corrida. Assim, é possível treinar em qualquer lugar e a qualquer hora.  

A partir de uma assinatura, os usuários podem ativar o Coach, um personal trainer digital que funciona com inteligência artificial e machine learning. Ou seja, ele aprende com os dados dos milhões de usuários do aplicativo e decide quais exercícios e treinos correspondem às habilidades e aos objetivos de cada um, criando uma jornada de treino hiper personalizada para cada usuário. O app está disponível na App Store e Google Play

2. Learning Flix

A plataforma de treinamento corporativo disponibiliza o conteúdo em formato de episódios de curta duração que rodam no computador, tablet e smartphone. O formato, similar ao das séries de entretenimento que costumamos maratonar nas horas livres, multiplica o engajamento permitindo que a aprendizagem aconteça de forma rápida, dinâmica e até relaxante. Desenvolvida pela edtech brasileira LEO Learning Brasil – uma sociedade com multinacional britânica LEO Learning – provocou uma reviravolta no mercado de microaprendizagem antes mesmo de ser oficialmente lançada. Durante a fase de testes, o menu de 17 webséries sobre soft skills movimentou R$ 1 milhão em pré-vendas. Disponível para empresas em: www.learningflix.net.

3. Esens

Esens é uma plataforma que conecta pessoas à essência dos principais best sellers não ficcionais do mundo em áudios e textos completamentes traduzidos para o português para serem consumidos em menos de 30 minutos. Com 400 títulos disponíveis até o final de 2019, as opções contemplam 15 categorias: história, negócios, finanças, economia, saúde, cultura, liderança, marketing, ciência, política, psicologia, autoajuda, relacionamentos, sociedade e tecnologia. Com um sistema de assinatura com planos mensais, anuais e lifetime, o aplicativo está disponível para download na App Store e Google Play.

4. Duolingo

O Duolingo é uma plataforma colaborativa de ensino de idiomas, com base científica. Com 30 línguas disponíveis para serem estudadas pelos usuários, a plataforma está disponível na versão web, para Android e iOS que naturalmente se tornou a forma mais popular de aprender idiomas on-line.

Na ferramenta o conteúdo é dividido por assunto e níveis de dificuldades, que é passado para o usuário em lições divertidas que trabalham habilidades como escrita, pronúncia, compreensão oral. Ao concluir um módulo, outros mais complexos são abertos, até chegar aos níveis mais avançados.
 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *