Presidente da ACIG lamenta queda no número de emprego em Gurupi - Atitude Tocantins
Presidente da ACIG lamenta queda no número de emprego em Gurupi
Cidades Destaques Economia Emprego Gurupi (TO) Notícias

Presidente da ACIG lamenta queda no número de emprego em Gurupi

Presidente da ACIG lamenta queda no número de emprego em Gurupi
5 (100%) 1 vote

O presidente da ACIG, Adailton Fonseca, lamentou nesta terça-feira, 15, os números oficiais do Ministério do Trabalho e Emprego, por meio do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados  em Gurupi. “Apenas em julho, 112 postos de trabalho desapareceram”, disse Adailton.

por Wesley Silas


“Gurupi segue pelo quarto mês consecutivo perdendo empregos formais, apenas em julho, 112 postos de trabalho desapareceram, somos o pior desempenho do ano, entre as cidades acima de 30 mil habitantes do Estado, enquanto o número total no Tocantins é positivo em 2017”, disse Fonseca na noites desta terça-feira. Os dados estão disponíveis no site do CAGED.

De acordo com o presidente da ACIG, a entidades insistirá na cobrança do Poder Público Municipal e Estadual a execução de políticas públicas para atrair investidores e, consequentemente geração de empregos e renda. Dentre os investimentos ele cita em infraestrutura, incentivos fiscais e desoneração tributária.

“Enquanto Gurupi e a região sul, estiverem voltadas ao populismo e às politicas públicas assistencialistas notadamente fracassadas, continuaremos a perder espaço econômico no Estado. Temos que promover o crescimento econômico, como única forma de desenvolvimento social sustentável. Espero que consigamos convencer nossos governantes ou que os troquemos por outros que consigam ou que queiram enxergar o óbvio”, desabafou Adailton por meio de sua rede social.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *