Presidente da ACIG diz que prefeitura de Gurupi acertou em liberar abertura de comércios - Atitude Tocantins
Presidente da ACIG diz que prefeitura de Gurupi acertou em liberar abertura de comércios
Cidades Destaques Gurupi (TO) Notícias Saúde

Presidente da ACIG diz que prefeitura de Gurupi acertou em liberar abertura de comércios

Na noite deste domingo, 29, o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, publicou o Decreto 498 que altera os Decretos 471 (leia aqui) e 478 (leia aqui), permitindo o retorno de boa parte das atividades comércio em Gurupi. Atividades de bares, restaurantes e motéis continuam suspensas. “Ele tomou uma decisão no ponto de vista acertada, atende a parte econômica e não desatende o risco”, disse o presidente da ACIG.

por Wesley Silas

A decisão do prefeito atende reivindicações dos comerciantes e das entidades (ACIG e CDL) que representam o segmento econômico de Gurupi. O novo decreto autoriza os estabelecimentos comerciais retornarem as atividades a partir desta segunda-feira, 30.

“O prefeito foi bastante feliz, apesar da decisão difícil; mas tem que mensurar os riscos e também as consequências de ficar parado. Ele tomou uma decisão no ponto de vista acertada, atende a parte econômica e não desatende o risco, pois estamos num lugar privilegiado com densidade demográfica baixa e não temos muito o uso de transporte coletivo.  Temos o calor ao nosso favor e acredito que se os comerciantes e os colaboradores das empresas tomarem os devidos cuidados em orientar os clientes teremos risco em baixo”, disse o presidente da ACIG, Marcelo Dominici.

Decreto N° 0498.

Continuam suspensas por prazo indeterminado as atividades em feiras livres, cinemas, clubes sociais, CTG’s, academias, centros de treinamento, bares e conveniência, restaurantes e similares,  boates, motéis, restaurantes e casas noturnas, teatros, igrejas, centros religiosos, festas em residências com aglomeração de pessoas e velórios que terão que acontecer em até 2 horas e deve ser realizado no cemitério com participação apenas de familiares.

Condições para abertura dos comércios

O lojistas que pretendem retornar às atividades deverão seguir as seguinte recomendações:

– Oferecer Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) aos funcionários;

– Estabelecer distância de 1,5 metros entre cada pessoa e adotar sistema de escala para reduzir o fluxo, revezamento dos turnos para evitar o fluxo de pessoas e a aglomeração de pessoas e de no mínimo 50% em dias de funcionamento normal.

– Manter a modalidade “home office” aos colaboradores acima de 60 anos;

– Evitar a aglomeração e longa permanência nos estabelecimentos, mantendo distanciamento de 1,5 metro de outras pessoas, inclusive nas filas;

– Reforçar os procedimentos de higiene em todos os ambientes;

– Padarias e supermercados que disponham de auto-serviço de pães e similares, deverão suspendê-los, disponibilizando funcionário para atendimento ou oferecer alimentos embalados;

– Organizar filas nos balcões de caixa de modo a manter distância mínima de segurança de 1.5 metro.

– Os estabelecimentos deverão disponibilizar pia para lavagem de mãos para clientes e colaboradores, com sabão líquido e/ou álcool gel 70%, papel toalha e lixeira de pedal

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *