Prefeitura de Formoso prorroga desconto de 15% no IPTU/2017 - Atitude Tocantins
Prefeitura de Formoso prorroga desconto de 15% no IPTU/2017
Cidades Destaques Formoso Notícias

Prefeitura de Formoso prorroga desconto de 15% no IPTU/2017

A Prefeitura de Formoso do Araguaia oferece aos moradores um plano de parcelamento de dívidas dos contribuintes que ainda não pagaram o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU e prorrogou o desconto para pagamento à vista.


De acordo com a responsável pela coletoria municipal, Isabel Alves Pereira, os moradores de Formoso poderão quitar o IPTU com desconto ou parcelar até o dia 31 de maio.   

“Hoje estamos com desconto de 15% no pagamento à vista onde o morador de Formoso também poderá parcelar o pagamento em até 4 pagamentos”, disse Isabel.

Planta de valores:

Ela lembra que no ano passado a prefeitura corrigiu a defasagem de 12 anos nos valores do IPTU do município por meio da atualização da planta de valores dos imóveis, o que fazia com que o município cobrasse o imposto com valores defasado.

“Hoje estamos com desconto de 15% no pagamento à vista" Isabel Pereira
“Hoje estamos com desconto de 15% no pagamento à vista” Isabel Pereira

“A  última atualização da Planta de Valores do município de Formoso do Araguaia foi feita em dezembro de 2005”, disse.

O procurador do Município, Marcos Paulo Correia de Oliveira, alerta aos moradores que o não pagamento dos impostos municipais como IPTU e ISSQN poderá resultar na inscrição da dívida ativa e poderá desencadear futuras ação judicial, conforme determina a legislação federal. Ele lembra que a cobrança independe da vontade do gestor, pois caso não proceda poderá responder por improbidade administrativa.

Renúncia de receita

Segundo Marcos Paulo, a cobrança independe do prefeito devido a não arrecadação do imposto pode causar prejuízos à população. Neste sentido existem determinação judiciais provocadas pelo Ministério Público, a exemplo do que aconteceu na cidade de Mirante (MA) em  que o MP entrou com uma ação de obrigação de fazer contra o prefeito para obrigá-lo a cobrar o IPTU.

“Uma Medida Provisória do presidente Temer, de dezembro do ano passado, incluiu no Artigo 10 A da Lei de Improbidade Administrativa a renúncia de receita e agora até os parcelamento de Refis devemos tomar cuidado porque pode também gerar improbidade administrativa”, disse Marcos Paulo. “Quando fizemos alteração no Código Tributário foi respeitado o principio da anterioridade”, acrescentou.

Limpeza de terrenos baldios.Limpeza de terrenos baldios.Roçagem na zona urbana“Já realizamos limpeza nos setores São José I, São José II,  Aliança, Planalto, Aeroporto e no Centro da Cidade”, disse Erival CastilhoLimpeza de ruas e operação tapa-buraco nas ruas.Segundo a prefeitura parte do dinheiro arrecaddo do IPTU está sendo usado em benefíciosOperação tapa-buraco

 

Já o secretário de Planejamento e finanças Erival Castilho, defende que os pagamentos os impostos estão permitindo a prefeitura a realizar serviços como limpeza de lotes baldios e operação tapa-buraco da cidade.

“Já realizamos limpeza nos setores São José I, São José II,  Aliança, Planalto, Aeroporto e no Centro da Cidade”, disse.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *