Conecte-se Conosco
 

 

Eleições

Eleição 2020 mostra declínio nos votos para vereador em Gurupi com sinais de estratégia para reeleger vereadores com desgastes

Publicado

em

Conforme dados do TSE, os partidos que tiveram a maior redução de votos nas eleições deste ano no comparativo a eleição de 2016 foram o MDB quando teve 5.786 votos e elegeu três vereadores e nesta eleição conseguiu apenas 984 ficando sem nenhum representante na Câmara. Na segundo colocação do sumiço dos votos aparece o PSB que teve 10.764 votos em 2016 e elegeu três vereadores e em 2016 e nesta eleição esta mesma sigla conseguiu 3.875, elegendo dois vereadores após o esvaziamento da sigla para favorecer a reeleição de vereadores em outros partidos, como aconteceu com o PDT. O partido com melhor resultado nas urnas foi PTB quem em 2016 não conseguiu eleger nenhum vereador com os 687 votos conseguido naquela época e nestas eleições conseguiu colocar dois vereadores na Casa de Leis com 4.045 e ainda o vice-prefeito, Glaydson Nato.

por Wesley Silas

Se for levar em conta o quociente eleitoral, nenhuma candidato a vereador de Gurupi conseguiu se eleger pelos próprios votos adquiridos nas urnas e sim pelo quociente partidário, reflexo da alteração na legislação foi instituída pela reforma eleitoral. A queda nos números de votos por candidato foi abismal quando se comprar as eleições de 2020 com as de 2016, época em que 06 candidatos tiveram mais de 1.000 votos, com destaque para Jair do Povo (ex-MDB e hoje PROS) com 1.559 e nesta eleição, apesar de ser eleito, teve apenas 534 votos.

Muitos eleitores ainda têm dificuldade em entender as mudanças eleitorais. Um exemplo clássico é o candidato, Ronaldo Lira (ex-DEM e hoje PSC), que em 2016 quando ele alcançou 1.144 votos, mas não foi eleito devido a coligação partidária,  neste ano mudou de partido e foi salvo pelo quociente partidário, se tornando eleito no dia 15 de novembro com apenas 651 votos, numa disputa em que o mais votado foi Davi Abrantes (PTB), com 959 votos, inferior aos votos de Soró (DEM) em 2016 quando ele conseguiu 967 votos e ficou na suplência.

Troca de partido para conseguir reeleição

Com o fim das coligações partidárias e em meio aos desgastes histórico da Câmara de Vereadores, alguns líderes partidários de Gurupi começaram no início do ano a aplicar a estratégica do troca-troca de partidos na tentativa de montar partidos luvas que pudessem garantir a reeleição de muitos, onde novos candidatos, “inocentemente”,  filiaram-se nestes partidos para somar votos e reelege-los, resultando assim na renovação de 50% da casa, apesar do desgaste.

Conforme o TSE, a redução de votos válidos nas eleições de Gurupi em 2016 para 2020 foi de 42.083 (94,26%), quando 127 pessoas disputaram a eleição para vereador para 40.018 (94,71%) nas eleições deste ano que teve 240 candidatos. A urnas também mostraram vereadores reeleitos como Valdônio Rodrigues (PSB)  eleito em 2016 com 1.360 votos teve queda a votação para  523 votos no geral neste ano, Marilis Fernandes não foi diferente, após alcançar 1.203 votos em 2016, substituiu o PDT pelo PP, ela conseguiu se reeleger com 545 votos, André Caixeta (PSB) e Cesar da Farmácia (DEM) foi um dos poucos a se mantiveram nas agremiações de origem. No caso do vereador César a queda nos votos foram de 1.190 em 2016 para 689 em 2020. Enquanto, o atual presidente da Casa, Wendel Gomides (ex-PSB) teve redução no número de votos de 1.278 em 2016 para 649 e não conseguiu se reeleger pelo DEM. Enquanto o vereador Ivanilson Marinho (ex-mdb) após ter 1.471 em 2016 conseguiu se reeleger pelo Solidariedade com 817 votos.

Eleição 2020

Vereadores eleitos ela sigla

 

PARTIDOS

Número de votos Eleição 2016

Vereadores eleitos ela sigla

 

PARTIDOS

Número de votos
02 eleitos PTB 4.045 – 10,11% 03 eleitos PSB 10.764 – 25,58%
02 eleitos PSB 3.875  – 9,68% 03 eleitos PMDB 5.786  – 13,75%
02 eleito PODE 3.760 –  9,40% 01 eleitos DEM 4.421 – 10,51%
01 eleito PROS 3.268 – 8,18% 02 eleitos PDT 4.267 – 10,14%
01 eleito CIDADANIA 3.028 – 7,57% nenhum PSL 2.675 – 6,36%
01 eleito AVANTE 2.894 – 7,12% 01 eleito PROS 2.067 – 4,91%
01 eleito DEM 2.687 – 6,71% 01 eleito PSDB 2.017 – 4,79%
01 eleito PSL 2.460 – 6.15% 01 eleito PRTB 1.912 – 4,54%
01 eleito PSC 2.230 – 5,57% nenhum PT 1.502 – 3,57%
01 eleito SOLIDARIEDADE 2.174 – 5,43% nenhum PV 1.167- 2,77%
01 eleito PP 2.133 – 5.33% nenhum PP 1.100 – 2,61%
01 eleito PATRIOTA 1.934 – 4,83% 01 eleito PPS 1.053 – 2,50%
nenhum PRTB 1.825 – 4,56% nenhum PSD 836 – 1,99%
nenhum PT 1.608 – 4,02% nenhum PHS 754 – 1,79%
nenhum PV 1.608 – 2,83% nenhum PTB 687 – 1,63%
nenhum MDB 984 – 2,46% nenhum PTN 484 – 1,15%
nenhum DC 24 – 0,06% nenhum PRP 192 – 0,34%
      nenhum PRB 144 – 0,34%
      nenhum PSC 128 – 0,30%
      nenhum PSDC 80 – 0,05%
      nenhum SD 23 – 0,5%
      nenhum PMN 22 – 0,5%
      nenhum PMB 01 – 00%
VOTOS VÁLIDOS    

40.018 –  94,71%

 

 

   

42.083 – 94,26%

 

 

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Facebook

Mais Visto