OAB irá propor Ação Civil Pública contra o Sisepe por tentar impedir o livre exercício da advocacia - Atitude Tocantins
OAB irá propor Ação Civil Pública contra o Sisepe por tentar impedir o livre exercício da advocacia
Destaques Estado Notícias

OAB irá propor Ação Civil Pública contra o Sisepe por tentar impedir o livre exercício da advocacia

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins informa que dará uma resposta contundente em relação ao Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins (Sisepe), por meio do seu presidente Cleiton Pinheiro, que insiste em intimidar a advocacia e servidores que queiram ingressar individualmente com ações judiciais após terem sido exonerados em 2008.

por Redação

A OAB/TO apresentará na reunião ordinária a proposta do ingresso de Ação Civil Pública contra o Sisepe por tentar impedir o livre exercício da advocacia em ações ingressadas por advogados e advogadas que não sejam os contratados pelo sindicato.

Além disso, a Ordem informa que encaminhou o assunto para o Tribunal de Ética e Disciplina para julgar eventual infração ético-disciplinar em face dos advogados que ingressarem judicialmente por parte do Sisepe contra ações particulares de servidores.

“A OAB/TO não permitirá que nenhuma instituição, nem ninguém, quem quer que seja, ameace o livre exercício profissional da advocacia no Tocantins. A postura do Sisepe é ilegal, uma ameaça à classe e ao Estado Democrático de Direito, que tem no livre exercício da advocacia um dos seus pilares”, afirmou o presidente da Ordem, Gedeon Pitaluga.

A OAB/TO alerta que todos os advogados e advogadas que ingressarem com ações particulares no caso e que tiverem as ações contestadas por parte do Sisepe devem procurar a Ordem e noticiar o fato para que sejam tomadas medidas cabíveis, judiciais e ético-disciplinares

O presidente da OAB/TO, Gedeon Pitaluga, reforça que qualquer servidor que quiser requerer seu direito neste caso pode fazê-lo contratando o advogado de sua preferência, sem que precise necessariamente ser mediado pelo Sisepe.

“Cada cidadão pode escolher o advogado que preferir no caso de pendências judiciais. Esse é um direito previsto na Constituição Federal e a OAB/TO garantirá que no Tocantins esse direito seja preservado”, reforçou Pitaluga.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *