Conecte-se Conosco
 

 

Estado

SISEPE-TO requer prorrogação das 6 horas ao governador Carlesse

Publicado

em

O SISEPE-TO solicita novamente ao governo do Estado a prorrogação da jornada de 6 horas pelo governador Mauro Carlesse até 31 de dezembro de 2020, considerando que a pandemia segue sendo um problema mundial, com segunda onda de reinfecção que tem causado ainda mais impactos. Nesse sentido, em sintonia com o decreto de estado calamidade pública do governo do Estado que tem validade até 31 de dezembro, o SISEPE-TO requer que a mesma medida seja adotada para a jornada de trabalho.

por Redação

Além da manutenção da jornada de seis horas, o SISEPE-TO requereu ao governo do Estado o fornecimento de Equipamento de Proteção Individual (EPI), máscaras a todos os servidores públicos e a disponibilização de álcool em gel. “O governo do Estado ainda precisa melhorar a distribuição das EPIs, pois o SISEPE-TO tem recebido dezenas de reclamações e oficiado os órgãos. O funcionamento dos órgãos públicos é muito importante à população, mas para isso os servidores precisam estar saudáveis e a garantia de uma ambiente de trabalho seguro”, pondera Cleiton Pinheiro.

“Ainda não temos uma perspectiva de controle da pandemia e precisamos considerar os impactos negativos desse decreto de 30 em 30 dias, onde o servidor vive a angústia de não saber se no próximo mês terá sua rotina alterada e será exposto aos riscos da Covid-19. Porque a jornada de 6 horas reduz o tempo de exposição do servidor e o trabalho remoto proporciona segurança as pessoas do grupo de risco”, argumenta o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro.

 

Confira o Ofício nº 193, protocolado nesta quarta-feira, 28 de outubro, pelo SISEPE-TO no Palácio Araguaia.

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Publicidade
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Facebook

Mais Visto