Na construção da UnirG | Moura Lima mostra a verdadeira história e nomes da primeira turma de Direito da Fafich e do Tocantins - Atitude Tocantins
Na construção da UnirG | Moura Lima mostra a verdadeira história e nomes da primeira turma de Direito da Fafich e do Tocantins
Cidades Cultura Destaques Educação Gurupi (TO) Notícias Unirg Vestibular

Na construção da UnirG | Moura Lima mostra a verdadeira história e nomes da primeira turma de Direito da Fafich e do Tocantins

Na construção da UnirG | Moura Lima mostra a verdadeira história e nomes da primeira turma de Direito da Fafich e do Tocantins
Avalie esse post

O renomado escritor romancista e primeiro orador dos formandos de Direito da UnirG, Moura Lima, abriu parte de seus arquivos ao Portal Atitude e comentou sobre a formação da primeira turma de Direito da Faculdade de Filosofia e Ciência Humanas de Gurupi, denominada Jacinto Nunes da Silva, em julho de 1989, que teve como paraninfo o primeiro governador do Tocantins, Siqueira Campos, Dona Dolores Braga Nunes como Patronesse e Dr. Moisés Avelino (na época deputado federal) como Patrono, no período em que o Dr. Lázaro Francisco Mundim exercia a presidência da Fundação. “Faço aqui um apelo aos dirigentes da Unirg, que restaure a placa da primeira turma de Direito de Gurupi, e, do Estado do Tocantins”, cobrou Moura Lima em entrevista ao Portal Atitude. Confira! 

por Wesley Silas

Nos últimos anos tem ocorrido alguns equívocos sobre a primeira turma de formados em Direito no Estado do Tocantins pela Fafich, hoje UnirG. Para mostrar a verdadeira história, sem maquiação, pois teve advogados que se formaram na terceira turma, mas se dizem na primeira em encontro de egressos ignorando a Ata de Colação de Grau, o escritor Moura Lima e orador da primeira turma mostra os resistentes que a ajudaram a construir a verdadeira história da UnirG.

“Para falarmos da criação da FAFICH, em primeiro lugar, como orador da primeira turma, e testemunha presencial da fundação, torna-se imperioso, que reportemos aos fatos da politicalha. Vejamos, na (era) Jacinto, Governo pisava de leve no solo gurupiense. O senhor Íris Resende, então governador de Goiás, para pirraçá-lo, colocou uma faculdade em Porangatu, pulou Gurupi e colocou outra em Porto Nacional. O Comandante Jacinto não aceitou a humilhação, e no silêncio da noite trabalhou; ao romper do dia, para o espanto e desespero do governador, estava criada a Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Gurupi-FAFICH, e, consequentemente, criado o primeiro curso de Direito do Norte de Goiás”, disse o escritor Moura Lima.

Segundo Moura Lima, a primeira turma, conforme Ata da Colação de Grau, e boletim do MEC, unidos, numa justa homenagem, ao Comandante Nunes, se autodenominou-Turma Jacinto Nunes, e lutou bravamente ao lado do prefeito, para a consolidação da FAFICH, que deu suporte para a criação da Universidade Regional de Gurupi-UNIRG, hoje, uma voz de esperança educacional e tecnológica para o Norte do Brasil.

Arquivo: Moura Lima

“Naquela época, a luta foi titânica, pois, vivíamos como formiga, com a mala na cabeça, uma hora no colégio Arizinho, outra no colégio Positivo, e os políticos por cima serrando maquiavelicamente, para fechar a Fafich. Aqui também abro um espaço, para homenagear a 2.º e 3.º turma, que continuaram a consolidação da Fafich”, disse Moura.

Arquivo: Moura Lima

Durante a comemoração da formatura houveram várias passagens históricas, uma delas envolveu Ney Luz (in-memorian) que saiu do Colégio Arizinho e seguiu até a praça Santo Antônio correndo a pé com uma bandeira do Brasil acompanhando a carreta na frente dos carros.  

“Não podemos esquecer-nos de homenagearmos os colegas da primeira turma, que partiram para o Oriente Eterno: Acidone Câmara Portilho  (Policia Federal), Joceli Aparecida de Souza Gonçalves (Emérita Educadora), e, a figura folclórica da nossa cidade, o colega Ney Luz e Silva”, lembra Moura Lima.

“E, por último, faço aqui, um apelo aos dirigentes da Unirg, que restaurem a placa da primeira turma de Direito de Gurupi, e, do Estado do Tocantins, conforme fotografia exposta, para o bem, e o resgate da verdadeira história da FAFICH e da UNIRG. Portanto, genuflexos e confiantes –  “podemos dizer ao Brasil, que Gurupi não tem memória curta”. Cobrou o primeiro orador da turma de Direito da Unirg.

Na foto, Moura Lima, orador da turma. Arquivo: Moura Lima

Registro histórico: Lei nº 611/85, de 15 de fevereiro de 1985, assinada pelo ex-prefeito Jacinto Nunes (in-memorian) e pelo ex-secretário de Administração, Divino Allan, hoje Chefe do Gabinete do Governador,  Mauro Carlesse, que cria a Fundação Municipal de Gurupi, mantenedora da Fafich, hoje UnirG.  Divino Allan participou de dois momentos históricos da UnirG, sendo a sua criação e da transformação do Centro Universitário em Universidade. 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *