Morte de homem e fecha dois primeiro meses com índices altíssimo de homicídio em Gurupi - Atitude Tocantins
Morte de homem e fecha dois primeiro meses com índices altíssimo de homicídio em Gurupi
Destaques Notícias Polícia

Morte de homem e fecha dois primeiro meses com índices altíssimo de homicídio em Gurupi

Baleado na terça-feira, 27,  Ronildo Siqueira Bezerra, morreu na madrugada desta quarta-feira, 28. Levantamento superficial feito Pelo Portal Atitude aponta que nos dois primeiros meses de 2018, foram mortos em Gurupi 10 pessoas, número altíssimo para uma população de 84 mil habitantes. Se continuar desta forma certamente a cidade fechará 2018 com média acima da nacional que é 28,9 mortes a cada 100 mil habitantes, conforme dado do Atlas da Violência 2017. Sem contar as tentativas de homídios que algumas vítimas morreram depois. 

por Regis Caio


Nesta quarta-feira, 28, Ronildo Bezerra entrou para a estatística do retrato da violência em Gurupi nos dois primeiros meses de 2018, que iniciou janeiro com quatro homicídios e duas tentativas em um único dia e agora conclui fevereiro com as mortes de Clério Rodrigues Soares, 19 anos,  José Guilherme Pereira Izidio Araújo, 21 anos, Nilvan Cursino Vila Nova, de 36 anos, Lucas Fernandes da Silva, de 22 anos, estes dois ocorridos no último final de semana e Juscilene Silva Lima, ocorrido ontem em uma casa. Usuários de drogas, principalmente crack, são as principais vítimas de violência.

Este último crime aconteceu na noite desta terça-feira (27), na Avenida Bahia com a Rua 16, no centro de Gurupi. De acordo com a Perícia,  a vítima foi identificado como Ronildo Siqueira Bezerra, de 36 anos, baleado por três disparos de arma de fogo.

Segundo testemunhas, Ronildo Siqueira foi chamado na porta de uma residência e em seguida foi atingido. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu e conduzido para o Hospital Regional, mas não resistiu e faleceu na madrugada desta quarta-feira, 28.

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *