Gurupi | Caminhoneiros interditam BR-153 em protesto contra o preço do diesel - Atitude Tocantins
Gurupi | Caminhoneiros interditam BR-153 em protesto contra o preço do diesel
Destaques Economia Estado Notícias

Gurupi | Caminhoneiros interditam BR-153 em protesto contra o preço do diesel

Gurupi | Caminhoneiros interditam BR-153 em protesto contra o preço do diesel
4.7 (93.33%) 3 votes

“Aqui em Gurupi está trancado e só vamos liberar depois das 18h”, disse o caminhoneiro Roberto Cecon sobre a interdição pacífica, somente para caminhões, da rodovia em protesto contra os impostos no óleo diesel.

por Wesley Silas


As manifestações foram anunciadas na sexta-feira (18) pela Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) e pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA). Em Gurupi os protestos iniciaram às 11h 30 minutos e segundo os organizadores foi acordado com a Polícia Rodoviária Federal que estenderá até às 18h desta segunda-feira, 21. Muitos caminhões estão estacionados nos Postos de Combustíveis e outros nos acostamentos das três vias da BR-153 em Gurupi.

“A nossa intenção é dar força ao movimento que está pegando no Brasil inteiro. Estamos começando pequeninho, mas a nossa intenção é ficar grande e pegar força. Na região Sul (do Brasil) o movimento está crescendo devido o pessoal ter mais atitude e aqui na região (Norte) estamos fortalecendo para ver se é possível mudar o pensamento deste governo que está matando nós na questão do combustível”, disse o caminhoneiro Roberto Cecon, que veio do estado de Santa Catarina para ajudar na organização do protesto em Gurupi.

Segundo os organizadores os caminhoneiros interditaram a BR-153 nos municípios de Gurupi, Paraíso do Tocantins e Colinas.

“Aqui em Gurupi está trancado e só vamos liberar depois das 18h, mas vai está interditado em Paraíso do Tocantins e quem sair daqui vai ter que parar em Paraíso do Tocantins e se sair de Paraíso vai ficar trancado em Colinas e em Paragominas (PA)”, disse Roberto Cecon.

“O governo está judiando de nós e chegamos ao limite e não tem muito mais o que ser feito”, destacou Roberto Cecon.

Em nota, a PRF informou que apenas veículos de passeios e de emergências estão livre para transitar na rodovia em Gurupi e Paraíso do Tocantins. 

“Em Gurupi e em Paraíso do Tocantins, alguns manifestantes tentaram fechar a pista totalmente, no entanto, após intervenção da PRF, os manifestantes liberaram a rodovia. No entanto, a mesma continua com fluxo livre apenas para veículos de passeio e de emergência”, informou a PRF.

Segundo a Associação Brasileira dos Caminhoneiros – Abcam,a decisão foi tomada após esperar por uma resposta do Governo Federal, que até o momento, não tomou qualquer iniciativa em relação aos pleitos feitos pela categoria. São eles:

– a redução da carga tributária incidente sobre operações com óleo diesel a 0 (zero), sendo elas as alíquotas da contribuição para PIS/PASEP – e Confins – incidentes sobre a receita bruta de venda no mercado interno de óleo diesel a ser utilizado pelo transportador autônomo de cargas.

– e torne isentas da contribuição de intervenção no domínio econômico — cide, incidente sobre a receita bruta de venda no mercado interno de óleo diesel a ser utilizado pelo transportador autônomo de cargas.

“A inflação está 3% ao ano e o combustível aumentou 15% no mês passado e o governo está judiando de nós e chegamos ao limite e não tem muito mais o que ser feito”, destacou Roberto Cecon.

Segundo os organizadores os caminhoneiros interditaram a BR-153 nos municípios de Gurupi, Paraíso do Tocantins e Colinas.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *