Grupo “totalmente desqualificado e mal organizado de Goiás”, diz Gaguim sobre redação da minuta da concessão da BR-153. - Atitude Tocantins
Grupo “totalmente desqualificado e mal organizado de Goiás”, diz Gaguim sobre redação da minuta da concessão da BR-153.
Destaques Notícias Polícia

Grupo “totalmente desqualificado e mal organizado de Goiás”, diz Gaguim sobre redação da minuta da concessão da BR-153.

Grupo “totalmente desqualificado e mal organizado de Goiás”, diz Gaguim sobre redação da minuta da concessão da BR-153.
Avalie esse post

Terminou na última sexta-feira,13, o prazo apara pleitear modificações para intervenções  no trecho da concessão da BR-153 no trecho entre Anápolis e Aliança do Tocantins. Em entrevista concedida ao jornalista Paulo Albuquerque, o deputado federal, que também é coordenador da bancada federal do Tocantins em Brasília, fez críticas a minuta do Edital, que segundo ele teve participação de pessoas ligado a lideranças políticas de Goiás, favorecendo assim o trecho goiano em detrimento ao do Tocantins.

por Wesley Silas

“Esta audiência pública que teve aqui foi totalmente desnecessária, totalmente contra o Tocantins e aos nossos interesses do Brasil. […] Nós não concordamos e deixamos bem claro com o Diretor-Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Rodrigues Júnior, e na próxima quarta-feira,18, vamos estar com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para deixarmos a nossa posição de que a duplicação da Belém-Brasília tem que ser até Aliança do Tocantins, em conformidade ao projeto original defendido ainda quando eu era governador nos anos de 2014 e 2015 quando a gente propôs levar este projeto de Aliança até Aguiarnópolis”, disse o parlamentar.

“A bancada federal da legislatura passada também trabalhou com isso com a (ex)deputada Josi Nunes de forma efetiva para que esta duplicação passasse pela região sul ligando Aliança até Aguiarnópolis. Assim como a nossa (ferrovia) Leste-Oeste que irá sair de Ilhéus (BA), ligando a Figueirópolis. Temos também a rodovia que ligará o Tocantins ao Mato Grosso que é a TO-0500”, acrescentou.

Conforme a Associação dos Engenheiros Sul Tocantinense – AESTO, não foi contemplada nenhuma intervenção nos acessos ao município de Gurupi, apesar dos três trevos, identificados como: Trevo Sul – no entroncamento com a AV. Goiás; Trevo Central que necessita urgentemente de intervenções e melhorias vislumbrando a segurança na travessia de veículos e de pedestres. O atual Edital compreende de ano 3 ao ano 9, contados do inicio da concessão,  para duplicar o trecho de Goiás, enquanto no trecho que compreende o Tocantins a previsão atual pra finalização conforme tabela abaixo, será comtemplada após, no mínimo 15 anos, do início da concessão da rodovia que em seu cronograma tem previsão de prazo para o mês de novembro para oferecer as respostas das audiências, aprovação do TCU em março de 2020, previsão de publicação do Edital para o mês de maio de 2020, leilão para agosto de 2020 e assunção da rodovia para novembro de 2020.     

Segmento Estado Km inicial Km final Extensão % Conclusão Ano
1 Tocantins 622+700 663+000 40,30 50% 2040
1 Tocantins 622+700 663+000 40,30 50% 2041
1,5 Tocantins 663+000 671+200 8,20 100% 2041
2 Tocantins 671+200 701+900 30,70 100% 2036
3 Tocantins 701+900 721+900 20,00 50% 2035
3 Tocantins 701+900 721+900 20,00 50% 2036
4 Tocantins 721+900 760+600 38,70 100% 2039
5 Tocantins 760+600 797+100 34,20 100% 2037
6 Tocantins 797+100 802+500 5,40 100% 2035

“O `Tocantins é muito mais viável do que Goiás e nós não aceitamos este boicote e não vai acontecer (prazo de 20 anos) e a duplicação vai ser concluída e não vamos abrir mão”, disse Gaguim.

CONFIRA AQUI (CLICK) A PROPOSTA DA AESTO – ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DOS SUL TO TOCANTINS, PARA CADASTRADA NO SITE DA ANTT.

Beneficiar Goiás

Para o líder da bancada do Tocantins os goianos teria feito lobby junto a ANTT para beneficiar o estado que deu origem ao Tocantins.    

“É uma articulação do governo de Goiás querendo beneficiar o Porto Seco de Anápolis, enquanto nós vamos ter Portos aqui em Gurupi, Figueirópolis e Porto Nacional que vão poder escoar toda nossa produção como a do Vale do Araguaia, de Gurupi, de Cariri que é uma das regiões que mais produz soja e milho”, disse.

Projeto Rio Formoso

Gaguim comentou também sobre a restauração do Projeto Rio Formoso.

“O nosso Projeto Rio Formoso nós vamos fazer juntamente com o nosso presidente Jair Bolsonaro para voltar a ser o maior projeto de irrigação de arroz e melancia do País”.

Audiência Pública

O parlamenta disse que lideranças políticas e do segmento empresarial têm feito pressão no sentido de mudar o Edital e coloca obras como a Alça Viária para ligar a BR-242 e BR 153 no município de Gurupi.

“Tem uma aqui com 100 pessoas com mobilização dos nossos vereadores, a deputada Josi Nunes, os nossos prefeitos como o de Talismã, de Alvorada e de Peixe, assim como todos os prefeitos do Tocantins dos 139 municípios, igrejas e as associações comerciais mandaram por meio das redes sociais apoio mobilizando nesta campanha que é importante para o País”, disse. “Tem que colocar no Edital a concessão como era desde o começo de Aliança e depois até Aguiarnópolis”, completou.

Grupo desqualificado

Para Gaguim o prazo entre 15 a 20 anos foi sugerido por um “grupo desqualificado” de Goiás.

“Isso não existe. Um grupo com interesses de Goiás, totalmente desqualificado e mal organizado querendo colocar, enquanto o Tocantins não é para daqui há 20 anos, enquanto que o fluxo de carro é o mesmo de Goiás e não tem diferença”, disse.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *