"É inadmissível que Estado e Município parem na quinta", diz presidente da Acig sobre ponto facultativo - Atitude Tocantins
“É inadmissível que Estado e Município parem na quinta”, diz presidente da Acig sobre ponto facultativo
Destaques Estado Notícias

“É inadmissível que Estado e Município parem na quinta”, diz presidente da Acig sobre ponto facultativo

“É inadmissível que Estado e Município parem na quinta”, diz presidente da Acig sobre ponto facultativo
Avalie esse post

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Gurupi, Adailton Fonseca, disse que o comércio em Gurupi estará fechado nesta sexta-feira (19) da Paixão, feriado federal. Adailton comentou ainda que Gurupi não tem uma Lei Municipal que estabelece este feriado de sexta e destacou como negativo a decretação de Ponto facultativo no Estado e Município para esta quinta-feira (18).

Por Régis Caio

A Sexta-Feira Santa, é comemorado feriado nacional, e o Presidente da Acig, Adailton Fonseca, disse que o comércio em Gurupi estará fechado. “Em Gurupi temos uma situação atípica, a lei federal diz que é feriado, mas que precisa ser declarado em lei municipal. Aqui, diferente de outras cidades, não temos essa lei municipal declarando a Sexta-Feira da Paixão como feriado municipal. Então essa situação fica para ser resolvida pela convenção coletiva, que são os acordos entre os sindicatos dos empregados e empregadores e no caso do comércio, a Convenção Estadual diz que não pode abrir o comércio de rua”, disse.

Ainda segundo o presidente da Acig, os estabelecimentos comerciais que podem abrir, são os do ramo alimentício e outros que atendam as necessidades emergenciais da população. Nesta sexta-feira, os bancos também estarão fechados, sem prejuízos ao cidadão.

Adaiton aproveitou para criticar a decretação do Ponto Facultativo no Estado e Município para esta quinta. “Nós da atividade econômica é até difícil de comentarmos qualquer ação feita pelo poder público. É inadmissível que o Estado e Município parem na quinta-feira, se o feriado é na Sexta-Feira da Paixão, e não há razão para se fazer isto, embora governadores e prefeitos adoram fazer este tipo de ação prejudicando a atividade econômica, mas sempre aparecendo politicamente. Esta é a cultura, infelizmente, do nosso Estado”, criticou.

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *