Diferença do frasco de álcool gel entre supermercados de Gurupi chega a quase 60% - Atitude Tocantins
Diferença do frasco de álcool gel entre supermercados de Gurupi chega a quase 60%
Cidades Destaques Gurupi (TO) Notícias Saúde

Diferença do frasco de álcool gel entre supermercados de Gurupi chega a quase 60%

Esta semana iniciou com o produto de mesma marca e quantidade, sendo comercializado por R$ 11,90 em um Supermercado e um dia depois caiu para R$ 6,99 em outra rede.

por Wesley Silas

“Enquanto uns choram, outros vendem lenços”, esta história desumana muito usada em tempo de crise, como acontece agora diante a pandemia do COVID-19, vem ganhando força com o crescimento exponencial na demanda da oferta e da procura.

Um dos produtos com o maior aumento no valor de mercado em Gurupi é o álcool gel e, mesmo com as recomendações do Procon as irregularidades aconteceram abertamente em Supermercados e Farmácias da cidade, onde o produto com 500ml que, antes da pandemia, era vendido abaixo de R$ 5,00, o frasco com apenas 200ml chegou a ser comercializado a R$ 15,00.

“Uso este produto para polir rodas de automóveis e no mês de março cheguei a comprar um frasco de 200ml por R$ 15,000 e hoje estou comprando 500ml por R$ 11,90”, disse um comerciante ao adquirir o produtor no Supermercado.

Após divulgação de fotos em redes sociais fiscais do Procon fiscalizaram os supermercados e constataram as irregularidades.

“Estivemos das 14hs atá as 16h45min. em um supermercado e foi constatado irregularidades e o preço estava realmente abusivo e o Procon lavrou um auto de infração no Supermercado”, disse o diretor do Núcleo de Atendimento de Gurupi, Gustavo Esperandio.

Supermercado com preço em queda.

No mesmo dia em que uma grande rede de Supermercado comercializava álcool gel pelo valor de R$ 11,90, um pequeno Supermercado na Avenida Sergipe comercializou o mesmo produto por 7,50 e em seguida outra grande rede de Supermercado reduziu o preço para R$ 6,99, representando diferença de 58,74%.

Gustavo Esperandio citou que Lei nº 8.078, de 1990, das demais normas de defesa do consumidor poderá sujeitar aos comércios multa, apreensão do produto e até mesmo a cassação de licença do estabelecimento.

Crescimento da procura

Pesquisa da Farmácias APP, voltado às vendas de itens relacionados à prevenção da COVID-19, aponta o Tocantins na terceira posição entres os estado da região norte nas vendas de álcool em gel, com incremento de 134% na comparação aos meses de janeiro e fevereiro de 2019. A assessoria da Farmácias APP, informou ao Portal Atitude que a pesquisa abrange todo o mercado farmacêutico brasileiro, tanto físico quanto e-commerce.

O que diz a lei:

Segundo o artigo 18 do decreto presidencial n 2.181/97:

Art. 18. A inobservância das normas contidas na Lei nº 8.078, de 1990, e das demais normas de defesa do consumidor constituirá prática infrativa e sujeitará o fornecedor às seguintes penalidades, que poderão ser aplicadas isolada ou cumulativamente, inclusive de forma cautelar, antecedente ou incidente no processo administrativo, sem prejuízo das de natureza cível, penal e das definidas em normas específicas:

I – multa;

II – apreensão do produto;

Ill – inutilização do produto;

IV – cassação do registro do produto junto ao órgão competente;

V – proibição de fabricação do produto;

VI – suspensão de fornecimento de produtos ou serviços;

VII – suspensão temporária de atividade;

VIII – revogação de concessão ou permissão de uso;

IX – cassação de licença do estabelecimento ou de atividade;

X – interdição, total ou parcial, de estabelecimento, de obra ou de atividade;

XI – intervenção administrativa;

XII – imposição de contrapropaganda.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *