Criança de 08 anos desaparece no Rio Javaé na aldeia Boto Velho - Atitude Tocantins
Criança de 08 anos desaparece no Rio Javaé na aldeia Boto Velho
Destaques Notícias Polícia

Criança de 08 anos desaparece no Rio Javaé na aldeia Boto Velho

Criança de 08 anos desaparece no Rio Javaé na aldeia Boto Velho
Avalie esse post

Jenilton Dias Barbosa, 08 anos, estava tomando banho no Rio Javaé na aldeia Boto Velho, município de Lagoa da Confusão, quando caiu na parte funda e foi levado pela correnteza. Ele desapareceu por volta das 14h 30min da sexta-feira, 16.

por Wesley Silas

Conforme um tio da criança, o Corpo de Bombeiro encontra-se no local realizando busca, mas até o momento foi encontrado apenas a camisa que a criança estava vestida.

“A mãe dele estava trabalhando nas casas da aldeia e o menino saiu de perto dela no sentido do rio e depois foi visto banhando na praia juntamente com várias crianças indígenas e ele caiu em um buraco fundo no rio e não conseguiu retornar. Os adultos correram para tentar socorrê-lo, mas a correnteza era muito forte e chegaram a mergulhar e jogar tarrafa e não conseguiram encontrar”, disse Itamar Barbosa da Silva, tio da criança. 

A família reclamou da demora da chegada da equipe do Corpo de Bombeiro para iniciar as buscas.

Local onde a criança desapareceu.

“Os Bombeiros não pode chegar no horário que queríamos e chegou no outro dia às 10hs. Eles trabalharam durante 05hs na busca e hoje no domingo eles trabalharam na parte da manhã das 08 às 10hs e depois pararam o mergulho. Depois eles começaram a fazer as buscas por canoas e não conseguimos achar o Jenilton, encontramos apenas a camisa que ele estava usando”, explicou o rio da criança.  

Camisa da criança entrada pelo Corpo de Bombeiro.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *