Copa do craque se transforma em palco de disputa entre pré-candidatos a prefeitos - Atitude Tocantins
Copa do craque se transforma em palco de disputa entre pré-candidatos a prefeitos
Eleições Política Tocantins

Copa do craque se transforma em palco de disputa entre pré-candidatos a prefeitos

Copa do craque se transforma em palco de disputa entre pré-candidatos a prefeitos
3 (60%) 2 votes

A justiça eleitoral e boa parte dos 57.214 eleitores de Gurupi estão de olho na conduta dos pré-candidatos a prefeito e a vereadores de Gurupi. As principais vitrines neste início de ano eleitoral é a Copa do Craque. Lá são oferecidos comidas, bebidas e tem ainda desfiles de pré-candidatos com suas assessorias com selfies (fotografias digitais) com populares e “lideranças” que querem valorizar seu passe no mercado eleitoral.

por Wesley Silas

“Essa copa do craque mais parece um palanque político. É barraca com carne e bebidas, fotos de pré-candidatos com seus puxa-sacos, pessoas que nunca foram ligadas ao esporte se expondo. Nada a ver!! O povo se cansou disto. Bora acordar pessoal. A política mudou e o discurso é outro. Acordem !!! Selfie será que rende votos?”, criticou um eleitor numa rede social do Portal Atitude.

Pré-candidatos vestidos de shorts e bem à vontade para se misturar com o povo, o cenário da Copa do Craque nos remete aos palanques políticos das décadas de 70 e 80 quando era permitido doar comida e bebida no mesmo exemplo do que fez o ex-prefeito Jacinto Nunes (in memorian) quando ele promovia os famosos cozidões, onde é hoje a loja Novo Mundo. Jacinto Nunes perdeu duas eleições, sendo uma para Joaquim Pereira da Costa (in-memorian) no ano de 1972 e para Wildon de Pina (in-memorian) em 1976 e conseguiu vencer em 1982 com João Cruz (in-memorian) como vice-prefeito.

Presença de vereadores  

Em pleno recesso da Câmara Municipal de Gurupi, que iniciou em dezembro e se estenderá até fevereiro, outro fato que chama atenção é o número de vereadores na Copa do Craque, muitos deles distribuindo latinhas de skol, espetinho, buchada e mocotó e, se for somar o número, daria quórum para fazer uma Sessão Extraordinária. Enquanto isso, alguns críticos da atual legislatura repetem a mesma famosa política do pão e circo no discurso de “promessas de mudanças”. Será?

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *