Conecte-se Conosco
 

 

Araguaina

Dimas define regras para reabertura de academias e restaurantes em Araguaína

Publicado

em

Fiscais irão avaliar individualmente a adequação realizada por cada estabelecimento para liberação. As novas medidas começam valer a partir de amanhã, 15. As restrições foram decididas em reuniões realizadas nesta terça-feira, 14, com representantes das duas categorias.

por Redação

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, realizou reuniões com proprietários de academias e restaurantes nesta terça-feira, 14. Na oportunidade, foram definidas junto aos representantes das categorias as regras que possibilitam a reabertura dos estabelecimentos. As novas medidas serão publicadas amanhã, 15, e fazem parte da flexibilização para funcionamento do comércio diante da redução dos casos suspeitos e positivos do coronavírus no Município, além da melhoria do sistema hospitalar e de exames.

“É difícil falar que está sob controle, mas temos parâmetros, são 30 dias de dados. Temos estudado bastante e contamos com ajuda de especialistas. Hoje, temos 22 leitos para tratamento de pessoas com coronavírus, nenhum está ocupado, e em breve teremos 50 leitos”, afirmou Dimas sobre a capacidade de tratamento intensivo em Araguaína.

Restaurantes, lanchonetes e academias são considerados estabelecimentos com maior possibilidade de transmissão do vírus e terão medidas mais restritivas. Estas atividades serão suspensas se a ocupação dos leitos chegar a 30%.

Para as demais atividades do comércio, poderão funcionar até que 50% dos leitos destinados aos pacientes com covid-19 ou quando o número de casos confirmados de doentes seja cinco vezes o número de leitos disponíveis. Até essa segunda-feira, 13, era registrado um único caso confirmado, já que os demais já estão curados. Todos os leitos estão disponíveis.

Distanciamento maior
Nas academias, poderá haver um equipamento a cada 10 metros quadrados, assim mantendo o distanciamento pouco maior que três metros entre cada um. Já esteiras, bicicletas e outros da modalidade aeróbica poderão ser usados apenas em baixa intensidade, ao passo de caminhada. Aulas em grupo, como zumba, continuarão suspensas, por momento. Além de máscaras, profissionais de orientação devem fazer uso de luvas.

Restaurantes
O consumo de bebidas alcoólicas continuará proibido, mas os restaurantes poderão receber clientes para refeições à la carte ou self service. Já o espaçamento e regras de higienização continuam as mesmas, serão dois metros entre cada mesa, ocupada por no máximo quatro pessoas.

Para o empresário Max Machado, a reabertura é positiva. “Eu saio daqui muito feliz porque tem perspectiva, em relação aos funcionários também. A gente sabe que as coisas podem mudar, mas ter uma perspectiva para se planejar o futuro é importante. Temos que ser pacientes, ter o controle para continuar a abertura”.

Aumento da fiscalização

O consumo de bebidas alcoólicas continuará proibido, mas os restaurantes poderão receber clientes para refeições à la carte ou self service

A liberação para abertura de academias e restaurantes será individual e avaliada por fiscais da Prefeitura. Atualmente, 12 equipes fazem o monitoramento do cumprimento e orientação das medidas no comércio. A partir da próxima semana serão mais 10 equipes, que foram contratadas por meio de seleção.

Realização de testes
Segue avançado o processo de estudo e pesquisa para o início da realização do diagnóstico molecular, pelo método de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), único que identifica a doença nos primeiros dias de infecção. A previsão é de que os exames iniciem já na próxima semana em locais públicos, por amostragem, com análises realizadas no laboratório da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

A ampliação na realização dos testes possibilitará um controle epidemiológico, para saber se as pessoas em Araguaína têm o vírus ou não.

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Estado

Facebook

Mais Visto