Balanço 2019 | Número de homicídios e crimes contra o patrimônio diminuem no Tocantins - Atitude Tocantins
Balanço 2019 | Número de homicídios e crimes contra o patrimônio diminuem no Tocantins
Destaques Notícias Polícia

Balanço 2019 | Número de homicídios e crimes contra o patrimônio diminuem no Tocantins

Apresentado nesta terça-feira, 28, em coletiva de imprensa das Forças de Segurança (Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros), o Balanço Anual 2018/2019 da Secretaria da Segurança Pública do Tocantins apontou redução de 9% no número de homicídios e de 13,9% nos crimes de roubo. No total, o balanço 2019/2019 apresentou redução de 7,6% dos crimes de CVLI (Crimes Violentos Letais Intencionais), que compreendem Homicídio, Latrocínio, Feminicídio e Lesão Corporal Seguida da Morte; e de menos 0,8% dos crimes contra o patrimônio (roubos e furtos).

por Redação

Acompanhado dos comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, coronel Jaizon Veras Barbosa, e coronel Reginaldo Leandro da Silva, e da delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra de Souza, o titular da Segurança Pública, secretário Cristiano Barbosa Sampaio, avaliou a redução como resultado da integração das Forças de Segurança e afirmou que a meta para este ano é reduzir no mínimo em 6% os crimes contra o patrimônio e os crimes contra a vida.  

Sistema de Metas

Com foco no Plano de Segurança Pública e Defesa Social (PESSE), que prevê a redução dos índices de violência para os próximos 10 anos, o Secretário ressalta que o trabalho integrado das Forças de Segurança já apresenta resultados positivos, pois a curva dos indicadores de criminalidade foi quebrada e vem caindo gradativamente. “O objetivo é que nos próximos anos tenhamos um Tocantins com níveis de segurança aceitáveis pelos organismos internacionais”, afirmou o Secretário ao divulgar que a partir deste ano a Secretaria da Segurança Pública implantará o Sistema de Metas, que ainda será lançado pelo Governo do Estado.

Previsto no PESSE, o Sistema de Metas prevê que o combate à criminalidade e as ações de segurança serão realizadas mediante demanda de cada região e em consonância com a análise dos dados coletados pelas Forças de Segurança em oito macrorregiões do Tocantins.

Polícia Militar

Para o comandante-geral da Polícia Militar no Tocantins, coronel Jaizon Veras, os índices identificados em 2019 refletem o trabalho conjunto das Forças de Segurança.  Como exemplo, ele citou o aumento do número de ocorrências de violência contra a mulher, atribuindo o crescimento ao fortalecimento da rede de proteção à mulher, o que levou a uma maior denúncia por parte delas.  “Nossa corporação desde o ano passado vem sendo qualificada para atender este tipo de demanda. E os resultados começam a aparecer”, afirmou.

Em ações de prevenção ou redução do uso de drogas e a violência, o Comandante-Geral ressaltou que, por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, a Polícia Militar realizou atividades em todos os 139 municípios do Estado. “É uma marca histórica, nós somos a primeira unidade federativa a alcançar este objetivo de estar com o PROERD em todos os municípios do Estado do Tocantins”, afirmou.

Produtividade

Para a delegada-geral Raimunda Bezerra de Souza, a produtividade apresentada pela Polícia Civil no Balanço Anual das Estatísticas Criminais reflete a mudança implementada em 2019 pelo Governo do Estado na Segurança Pública do Tocantins. Segundo ela, em um ano de muitos desafios, a Polícia Civil teve aumento de 92,4% de inquéritos policiais instaurados. Foram 6.704 em 2018 contra 12.899 em 2019, “um indicativo claro da atuação que resultou no aumento do número de prisões”, disse a Delegada-Geral ao informar que foram 2.693 pessoas presas em 2018 contra 4.244 em 2019.

Ainda sobre produtividade, a Polícia Civil registrou aumento do número de inquéritos instaurados (92,4%), de armas apreendidas (42,4%) e de Termo Circunstanciado de Ocorrência (60,8%).

A Delegada-Geral ressaltou ainda o trabalho realizado pela Polícia Civil em relação aos crimes envolvendo violência contra a mulher e violência familiar.  Raimunda Bezerra destacou o fortalecimento da rede de proteção à mulher e da melhoria da infraestrutura de atendimento, que culminou no ano de 2019 com a implantação da Central de Atendimento à Mulher 24 Horas (CAM-24H).  “Vamos trabalhar para reduzir cada vez mais os índices de violência, com ações de prevenção e orientação familiar, pois todos sofrem com a violência doméstica, não é só a mulher. Sofre toda uma família”, frisou a Delegada-Geral.

Corpo de Bombeiros

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Reginaldo Leandro da Silva, as ações preventivas à sociedade resultaram na redução de ocorrências. “Essas ações preventivas, quer sejam relativas às áreas de banho, de festas, ou mesmo de Serviços Técnicos, com vistorias, garantem menos riscos às famílias. Esse é um trabalho extremamente necessário e os bombeiros militares agem não só após a ocorrência ser iniciada, mas também com ações para situações não venham acontecer. Esse é o nosso objetivo, tanto que a demanda para a corporação teve queda de mais de 20% sobre os mesmos registros de 2019”, destacou o comandante.

Combate a Incêndios

Em relação ao ano de 2019, onde foram registrados mais de 11 mil focos de incêndios urbanos e florestais, o comandante ressaltou que as condições climáticas registradas no ano passado foram atípicas. “Nosso Estado tem situações sazonais e em julho começa o período de baixa umidade, seco, onde a nossa vegetação é muito propicio aos incêndios. Mas já estamos trabalhando e recebendo junto ao Comitê do Fogo e Defesa Civil Estadual, a parceria do Tribunal de Contas do Estado para que tenhamos um ano com menos ocorrências”, ressaltou o coronel ao informar que no dia 18 de fevereiro será realizado um evento no Tribunal de Contas para falar aos municípios sobre contratação de Brigadas de Incêndios e recebimento do ICMS Ecológico.

Balanço

Para compartilhar os dados das Estatísticas Criminais, reforçando a transparência das atividades policiais, bem como os dados estatísticos para a produção de reportagens e pesquisas científicas e acadêmicas, a Secretaria da Segurança Pública disponibiliza em seu site na internet www.ssp.to.gov.br o link Estatísticas Criminais com dados de todos os balanços, incluindo o que foi divulgado na coletiva da manhã desta terça-feira, 28. Para ter acesso, basta clicar aqui. (Colaborou o jornalista Luiz Henrique Machado da Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros).

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *