Ao se despedir do Naturatins, Antônio Carlos diz que viveu ataque “mais injusto e canalha que presenciei em 35 anos de carreira” - Atitude Tocantins
Ao se despedir do Naturatins, Antônio Carlos diz que viveu ataque “mais injusto e canalha que presenciei em 35 anos de carreira”
Destaques Estado Notícias

Ao se despedir do Naturatins, Antônio Carlos diz que viveu ataque “mais injusto e canalha que presenciei em 35 anos de carreira”

Ao se despedir do cargo da Diretoria da Agência Regional de Gurupi do Instituto Natureza do Tocantins – NATURATINS, o advogado e contador, Antônio Carlos Miranda, conhecido como Baianinho,  fez um desabafo sobre os dois anos que exerceu o cargo.

por Wesley Silas

“No Serviço Público nesses quase 02 anos de serviços prestados  como Diretor aqui em Gurupi representando a Região Sul do Estado,  conheci o mel e o fel. O lado mais bonito e o mais podre dos bastidores da Política Tocantinense”, disse.

Em janeiro de 2019, Antônio Carlos Miranda, chegou a chamar a polícia para expulsar o diretor do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) João Gualberto Lopes Lima da sede do órgão quando, segundo o sindicalista, estaria atendendo os sindicalizados sobre dúvidas em relação as progressões. Contudo, em março de 2019, o Ministério Público, representado pelo promotor de justiça, Reinaldo Koch Filho, manifestou pelo arquivamento na ação de abuso de autoridade promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) contra o diretor do Naturatins, em Gurupi, Antônio Carlos Miranda.

Segundo, Antônio Carlos, agora fora do cargo, ele vai “responder ainda aos ICP que me denunciaram. Denúncia por denúncia nem que seja a última coisa que faça na minha vida. Respondo a três Inquérito Civil Público (por abuso de autoridade) na oitava promotoria de justiça”, disse.

“Em comum acordo deixei a vida pública   porque acredito que não há cargo, salário ou empresa que justifique ter sua vida transformada em um inferno. Curiosamente, é nas grandes adversidades que se escondem as maiores oportunidades. Nunca, dois anos na minha vida foram tão turbulentos quanto 2018 e 2019”. Antônio Carlos.

Segue a íntegra da nota:

NOTA :

Quero comunicar como vocês estão vendo nessa edição do Diário Oficial do Estado do Tocantins, sobre minha saída do Serviço Público do Estado do Tocantins, Diretoria Regional do Instituto Natureza do Tocantins NATURATINS. No Serviço Público nesses quase 02 anos de serviços prestados  como Diretor aqui em Gurupi representando a Região Sul do Estado,  conheci o mel e o fel. O lado mais bonito e o mais podre dos bastidores da Política Tocantinense . 

Foi lá que desenvolvi parte da minha história profissional em um dos Setores da Economia ( Primeiro Setor) construí uma parte de 01 história de aproximadamente 02 anos e foi muito louco e incrível e vi desejos de infância se tornando realidade, ou seja realizando o desejo de se fazer da coisa pública algo mais justo e honesto independentemente a quem quer que seja, do mais simples ao mais poderoso, porém com igualdade. 

Mas foi lá também que vivi o ataque mais injusto e canalha que presenciei em 35 anos de carreira profissional de Contador e Advogado juntas. Invasão de privacidade, montagem de dossiê, quebra de sigilo fiscal, vazamentos seletivos, perseguições, veículo pessoal arrombado, órgão quebrado, tumulto proposital, denúncia vazias junto ao Ministério Público por abuso de autoridade por não compactuar com a improbidade, invasão do meu escritório de Advocacia invadido, pessoas me seguindo e a minha família, intimidações de colegas Advogados, tentativas veladas de subornos, agressões verbais, traições de colegas de trabalho, intimidações de adversários políticos, intimidações de pessoas que se diziam amigos, armadilhas policiais, e muitas outras coisas. Nunca imaginei que estratégias desse tipo fossem usadas contra mim, muito menos que encontrassem respaldo em veículos de imprensa e na sociedade . Se aplicassem a todos os critérios que usaram para me julgar, não sobraria o Diretor para Administrar a Regional do Naturatins. 

Mesmo com tudo isso sempre agir com ética e profissionalismo e acima de tudo com lealdade com os meus superiores em especial ao Governador do Estado do Tocantins : “Jamais levantei um falso testemunho ou qualquer assunto  ao ar um suspiro sequer que não fosse única e exclusivamente com interesse da sociedade Tocantinense .

Em comum acordo deixei a vida pública   porque acredito que não há cargo, salário ou empresa que justifique ter sua vida transformada em um inferno. Curiosamente, é nas grandes adversidades que se escondem as maiores oportunidades. Nunca, dois anos na minha vida foram tão turbulentos quanto 2018 e 2019. Mas também, nunca um ano começou tão promissor quanto 2020. Só tenho a agradecer ao Governador do Estado do Tocantins Excelentíssimo Governador Mauro Carlesse, que depositou em mim a sua confiança mesmo diante das ofensas, injúrias e inverdades que chegavam até ele. Desejo lhe muito sucesso no restante de seu mandato que ficará registrado nos anais da História deste maravilhoso Estado do Tocantins que me orgulho de fazer parte. Ele certamente conseguirá romper as adversidades e críticas que em nada contribuem para o desenvolvimento do Estado. A certeza de dias melhores estão chegando devargarinho e em breve teremos um dos melhores lugares para se viver. Quanto a mim vou continuar minha trajetória profissional da Advocacia Privada, sempre buscando o direito como forma de se alcançar a JUSTIÇA. Como diz meu amigo e irmão de fé religiosa, Silvério Filho: ” vida que segue “

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *