Vereador Eduardo Fortes usa a tribuna para rebater denúncias do governo quanto a suspensão do TARE dos Frigoríficos - Atitude Tocantins
Vereador Eduardo Fortes usa a tribuna para rebater denúncias do governo quanto a suspensão do TARE dos Frigoríficos
Agronegócio Eleições Notícias Política Tocantins

Vereador Eduardo Fortes usa a tribuna para rebater denúncias do governo quanto a suspensão do TARE dos Frigoríficos

Vereador Eduardo Fortes usa a tribuna para rebater denúncias do governo quanto a suspensão do TARE dos Frigoríficos
Avalie esse post

Um dia após o secretário da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando, declarar que todos os 11 frigoríficos em atividade no Estado estariam com algum tipo de irregularidade fiscal, em justificativa a suspensão Termos de Acordos de Regimes Especiais (Tares), o vereador Eduardo Fortes (PSDB) que também é veterinário, usou a tribuna da Câmara de Gurupi para contestar informações.

por Wesley Silas

O vereador saiu em defesa da reativação dos benefícios fiscais para os frigoríficos em atividade no Tocantins, e negou a existência de irregularidades e informou que desta a última quinta-feira, 03, os 11 frigoríficos do Estado deixaram de abater bovinos.

“Nós deixamos de abater mais de 3.500 cabeças de animais gerando empregos para o nosso Estado e hoje os frigoríficos não estamos abatendo devido a este grande desrespeito com a população do Tocantins. Se você aumentar o imposto que era 1.3% a 3.3% para 12%, quem tem comércio e indústria sabe que a conta não fecha”, disse.

Em seguida ele fez um comparativo entre os estados do Tocantins e Goiás. Segundo ele, enquanto o estado de Goiás compra gado no Tocantins com 7% de ICMS, no Tocantins o valor passou a ser 12%.  Disse ainda que a arroba do bovino no Estado de Goiás que antes era superior a do Tocantins, teve a situação revertida e no momento a arroba do bovino no Tocantins supera a de Goiás.

“Ontem estava vendo da televisão que alguns mercados já estão com falta de carne porque os frigoríficos deixaram de entregar devido não ter abatimento de animais. […] Eu nunca vi uma coisa desta em um Estado que conseguiu um mercado igual a China em que vinha lutando há dois anos”, disse.

Ele citou ainda que a Cooperfrigu, frigorífico no qual ele trabalha, investiu nos últimos meses R$ 20 milhões em investimentos devido a abertura de novos mercados.

“Há um mês a indústria (Cooperfrigu) contratou 100 funcionários e está contratando mais 80, mas devido a esta absurdo que o Governo está fazendo com as indústrias frigoríficas vai ser parada as contratações e olham lá se não houver demissão daqui para frente”, disse Eduardo Fortes.

Em seguida ele comentou sobre irregularidade fiscal que chega a aproximadamente R$ 57 milhões em setembro, apontada pela secretário da Fazenda e Planejamento.

“É uma inverdade do governo em dizer que os frigoríficos não estão cumprindo a legislação porque quando alguém recebe um auto de infração certamente irá recorrer e é isto que esta acontecendo e nada foi julgado ainda pela justiça” disse Eduardo Fortes.

Confira (link) um dos trechos da fala do vereador em nosso canal no YouTube.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *