Três homens são presos suspeitos de participarem dos homicídios ocorridos em Gurupi nos últimos meses - Atitude Tocantins
Três homens são presos suspeitos de participarem dos homicídios ocorridos em Gurupi nos últimos meses
Destaques Notícias Polícia

Três homens são presos suspeitos de participarem dos homicídios ocorridos em Gurupi nos últimos meses

Juscelino Torres Amorim, idade não informada, João Paulo Eduardo das Flores, idade não informada, e Delmar Pereira de Souza, de 22 anos foram os homens presos. Eles foram capturados no setor Bela Vista.

Por: Redação

A Força Tática da Polícia Militar (PM) prendeu no fim da tarde desta quinta-feira, 25, três suspeitos de envolvimento em homicídios que ocorreram em Gurupi nas últimas semanas.

Juscelino Torres Amorim, idade não informada, João Paulo Eduardo das Flores, idade não informada, e Delmar Pereira de Souza, de 22 anos foram os homens presos. Eles foram capturados no setor Bela Vista.

De novembro até esta quinta foram 26 homicídios no município. A Polícia Civil está investigando os casos. Segundo a polícia, Juscelino Torres de Amorim pode ser o autor de alguns dos assassinatos.

Uma pessoa teria denunciado Juscelino por ameaças de morte. De acordo com a Polícia, o denunciante informou também que sabia de vários homicídios cometidos por ele na cidade, e que na casa dele teria arma e drogas.

Ao chegar na casa do suspeito, Delmar estaria na casa do Juscelino. Já havia um mandado de prisão em aberto contra ele por roubo.

A polícia informou que Delmar teria dito que revendia drogas e as comprava de João Paulo, preso momentos depois desta informação.

A polícia encontrou na casa de Juscelino uma arma de cano de cano longo, do tipo cartucheira, calibre 36, 15 cartuchos, sendo 3 deles deflagrados, várias munições, uma recarga para revólver, R$ 200,00 em dinheiro, duas balanças de precisão e 2 tabletes de maconha. Já na residência de João Paulo foram encontradas substâncias análogas a maconha.

3 homens foram presos na tarde desta quinta-feira. Foto: Josy Rodrigues/Orla Notícias

O três tem passagem pela polícia, sendo um por roubo, outro por tráfico de drogas e Juscelino por homicídio. Segundo a Polícia, ele saiu recentemente da cadeia. Em 2006 ele teria matado e colocado fogo na vítima dentro de uma igreja.

Os suspeitos foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi. A Polícia Civil continuará a investir os homicídios e um possível envolvimento deles nos casos.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *