Senadora Kátia Abreu aposta no consórcio para superar a crises das prefeituras - Atitude Tocantins
Senadora Kátia Abreu aposta no consórcio para superar a crises das prefeituras
Destaques Eleições Notícias Política Tocantins

Senadora Kátia Abreu aposta no consórcio para superar a crises das prefeituras

Senadora Kátia Abreu aposta no consórcio para superar a crises das prefeituras
Avalie esse post

A senadora Kátia Abreu (PDT) esteve reunida na noite desta terça-feira, 11, com 20 prefeitos das regiões Oeste e Sul do Tocantins em defesa da união de força para superar a crise financeira da prefeitura por meio do fortalecimento da cultura de consócios regionais.

por Wesley Silas

Durante a reunião a senadora espelhou o seu projeto no modelo implantado na gestão do prefeito de Gurupi, Laurez Moreira (PSDB) que no início da sua gestão recebeu a cidade com sérios problemas na pavimentação asfáltica e para resolvê-los adquiriu um indústrias de lama asfáltica.

“Nós estamos vivendo um momento difícil no Tocantins e no Brasil onde os recursos estão escassos e as demandas são enormes, as pessoas querem tudo e precisam de tudo e o  consórcio é uma forma onde todo mundo se une para baixar o custo”, disse a senadora.

Durante a reunião, a pedido do prefeito Laruez, o Secretário de Infraestrutura, Gerson Martins, ofereceu a equipe técnica para orientar os prefeitos a implantarem a indústria de lama asfáltica.  

“Já comprei dois grupos sendo um para o Bico do Papagaio e outro para o Sul e vou comprar mais dois para o Sudeste e para a região de Pedro Afonso e Jalapão”, disse a senadora.

Conforme a senadora, o prefeito que aceitarem a participar do consórcio poderá também ter acesso a outros equipamentos que irão auxiliar na construção de tanques para piscicultura e açudes.

“Compramos escavadeira de esteira para fazer tanques para criação de peixe e para fazer açude. No futuro eu quero comprar perfuratriz para fazer poço artesiano e nada impede que nesta ação, que já tenho acreditado há três anos, que os outros parlamentares, atendendo seus prefeitos e não a Kátia Abreu, possam colocar, via consórcio, mais equipamentos. Digo isso sem nenhuma vaidade porque o que cada parlamentar der vai ser divulgado pelo seu líder, prefeito ou seus vereadores e ninguém vai roubar nada de ninguém”, disse a senadora.

A senadora acredita que os consórcio é oportuno em momento de crise para que os prefeitos “não morram afogados abraçado” e depois de superar os problemas da pavimentação urbana e tanques para criação de peixe poderá ser trabalhada outras ações.  

“A principal demanda é asfalto, a segunda demanda do Tocantins são estradas vicinais e a terceira demanda, na minha avaliação, é água e a produção de emprego. As máquinas para recuperação das estradas vicinais será o nosso próximo passo”, disse a senadora.

Conforme a senadora, nada impede que outros prefeitos que já formaram consórcios na região participe do consórcio que está sendo defendido por ela e que tem como presidente o prefeito de Fátima, Washington Vasconcelos.

“Não tem problemas e não quero atrapalhar ninguém ou comandar a vida de nenhum prefeito, mas para o prefeito utilizar destas máquina que eu trouxe eles vão ter que estar todos aglutinados. Agora, vamos imaginar que 07 prefeito querem fazer sozinho um consórcio de saúde: eles podem ficar à vontade. Se querem fazer sozinho de turismo ou de aterro sanitário é perfeitamente possível. Pode segmentar e desdobrar porque eu quero é criar a cultura e não significa que tem que ficar o jeito que a Kátia quer. Estou criando usando as minha emendas parlamentar e não é só com conversas fiada em promessas”, disse.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *