Secretaria de Saúde não é vitrine pessoal", diz vereador Ivanilson Marinho ao defender criação de piso salarial para os enfermeiros e profissionais da saúde do município de Gurupi - Atitude Tocantins
Secretaria de Saúde não é vitrine pessoal”, diz vereador Ivanilson Marinho ao defender criação de piso salarial para os enfermeiros e profissionais da saúde do município de Gurupi
Destaques Gurupi (TO)

Secretaria de Saúde não é vitrine pessoal”, diz vereador Ivanilson Marinho ao defender criação de piso salarial para os enfermeiros e profissionais da saúde do município de Gurupi

Secretaria de Saúde não é vitrine pessoal”, diz vereador Ivanilson Marinho ao defender criação de piso salarial para os enfermeiros e profissionais da saúde do município de Gurupi
Avalie esse post

“O papel do Secretário Municipal de Saúde é utilizar do orçamento para pratica de politicas públicas de melhorias da saúde pública municipal, o que não inclui utilizar da estrutura da secretaria para vitrine pessoal do secretário”, cobrou o vereador Ivanilson Marinho (MDB), durante a sessão ordinária desta terça (05).

Assessoria Vereador

Enfermeiros concursados da rede pública de saúde do município de Gurupi procuraram o vereador Ivanilson Marinho, na manhã desta terça (05), buscando apoio na luta pela valorização salarial por meio do reenquadramento e da criação de piso salarial para a categoria.

Conforme Marinho os profissionais requerem que seja realizado o reenquadramento dos enfermeiros, pertencentes ao Grupo II para o Grupo V, de acordo com anexo I, da Lei 2.267/2015, e também a discussão e criação do Piso Salarial Municipal para os profissionais enfermeiros e da Saúde.

O documento entregue pelos enfermeiros ao parlamentar, explica que em 2015, o Poder Executivo sancionou a Lei Municipal n° 2267/2015, que instituiu o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Profissionais da Saúde do Município de Gurupi, “e consta que os profissionais da categoria, inicialmente foram enquadrados no Grupo II, com salário base de R$ 884,29, valor este posteriormente alterado para 1070,00”, o menor salário base do Estado do Tocantins.

Segundo Ivanilson Marinho a reclamação dos enfermeiros é que tanto os da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quanto os das Unidades Básicas de Saúde (UBS) não possuem incentivo nenhum para trabalhar e cobram valorização.

“O que procuramos foi atender ao pedido dos enfermeiros, encaminhando um requerimento destinado ao secretário de saúde para que ele mude as ações, tanto as de políticas públicas de valorização dos servidores como as ações de governo”, salientou o vereador.

Ivanilson Marinho acredita que a “discussão abre uma porta para levar o assunto ao prefeito, requerendo a valorização dos servidores da saúde no geral, alterando inclusive o anexo da Lei 2267/2015”, concluiu.

O requerimento foi aprovado por unanimidade, subscrito por todos os vereadores e encaminhado ao Secretário de Saúde do Município e também uma indicação foi destinada ao prefeito.

Assessoria do Vereador Ivanilson Marinho

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *