Sebrae orienta feirantes como produzir alimentos seguros para os foliões do Carnaval de Gurupi - Atitude Tocantins
Sebrae orienta feirantes como produzir alimentos seguros para os foliões do Carnaval de Gurupi
Cidades Destaques Gurupi (TO) Notícias Saúde

Sebrae orienta feirantes como produzir alimentos seguros para os foliões do Carnaval de Gurupi

A unidade do Sebrae de Gurupi, em parceria com a Prefeitura Municipal, realiza na noite desta segunda-feira, 13, uma oficina de Boas Práticas de Fabricação de Alimentos aos feirantes que irão trabalhar na praça de alimentação do circuito do Carnaval de Gurupi.  “O curso será voltado para orientar a produzir alimentos seguros”, explica a  Engenheira de Alimentos com especialização de controle de qualidade do Sebrae.


por Wesley Silas

Segundo o gerente do Sebrae de Gurupi, Thiago Milhomem Soares, cerca de 30 feirantes participam do curso que acontece no auditório do Sebrae.

“Onde tem pequenos negócios está o Sebrae e no carnaval temos este público que vão trabalhar com alimentação. Para isso, temos que preparar este pessoal a receber os nossos turistas, pois sabemos que no setor hoteleiro tem mais de 80% de ocupação para o período de carnaval. Então, vamos ter muitos turistas e precisamos preparar este pessoal de Gurupi para recebê-los”, explica Thiago Soares.

Feirantes 2
Auricélia Mendonça Cabral.

As orientações aos feirantes estão sendo repassada pela Engenheira de Alimentos com especialização de controle de qualidade, Auricélia Mendonça Cabral.

“O curso será voltado para orientar a produzir alimentos seguros, com relação a manipulação, ambiente, ao próprio alimentos que estará sendo manuseando, com a garantia de que depois eles possam oferecer para o consumidor um alimento seguro, livre de qualquer contaminante, seja ele biológico, químico ou físico”.

Auricélia Cabral explica que trata-se de uma capacitação com duração curta, mas garantirá ao folião garantia de alimentos, além de bonitos e saborosos, consumo livre de agentes contaminantes.

“Envolve todo espaço que eles estarão trabalhando, seja na matéria prima, alimentos processados, higiene manipulador, forma de manipular, postura durante manipulação do alimento e o ambiente em si que eles trabalham onde são processados os alimentos”, disse.

 Controle financeiro

Feirantes 1Nesta terça-feira, 14, acontecerá no mesmo local para o mesmo público outro curso voltado para gestão financeira.

“O feirante vai ter o controle financeiro e saber o quanto ele vai faturar, o quanto ele precisa vender e fazer a informação do preço de venda dele. Ou seja, vamos fazer tanto da parte de alimentação, onde eles vão fazer o manuseio de alimentos, como a parte de gestão para formação de preço-venda e controle financeiro para saber se ao final ele auferiu o lucro, que é o mais importante”, explica Thiado soares.

Empreendedor individual

Na ocasião também será repassado a importância dos feirantes a se cadastrarem como empreendedores individuais.  

“Se eles quiserem vender para o poder público hoje não têm condições porque não possuem nota fiscal. Nosso objetivo amanhã é também sensibilizá-los na questão da formalização, pois o microempreendedor individual é a forma mais fácil e menos burocrática de formalizar”, concluiu Thiago Soares.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *