Saneamento básico | BRK Ambiental continua governando contra a vontade dos gurupienses - Atitude Tocantins
Saneamento básico | BRK Ambiental continua governando contra a vontade dos gurupienses
Cidades Notícias Opnião

Saneamento básico | BRK Ambiental continua governando contra a vontade dos gurupienses

“Ninguém é suficientemente competente para governar outra pessoa sem o seu consentimento”. Esta é uma frase do político norte-americano  Abraham Lincoln, de origem humilde e ele foi 16ª presidente dos Estados Unidos se tornou um mártir na história daquele país por defender a igualdade e a liberdade humana.

por Wesley Silas

Após 154 anos da morte de Abraham Lincoln, as pessoas continuam sendo governadas sem o próprio consentimento. Não só na política partidária, mas pelo peso de decisões e agressões de grandes empresas como a BRK Ambiental, empresa privada de saneamento básico do Brasil que se tornou uma anarquista no sistema republicano.

Em Gurupi, não há nada capaz de deter os abusos da BRK Ambiental, seja em cobranças absurdas dos valores dos seus serviços no fornecimento de água e esgoto. Enquanto no Tocantins, Assembleia Legislativa, Câmara de Vereadores, como a de Gurupi, Palmas, Porto Nacional e Araguaína já tentaram estancar os abusos em CPIs. No caso de Gurupi, mesmo com a conclusão e relatórios entregues para órgão como o Ministério Público, Tribunal de Contas e Poder Executivo Municipal, as respostas para sociedade não chegam, enquanto isso o lamaçal da água potável continua espalhado na cidade, dependendo dos representantes dos poderes uma reprimenda maior.

CPI da BRK Ambiental  

Após 45 dias da entrega do relatório da CPI da BRK Ambiental pela Câmara Municipal de Gurupi, os consumidores ainda não tiveram respostas se haverá correção na tarifação, recuperação da pavimentação – que passou a ser chamado “asfalto catapora” devido a quantidade de buracos em diversos pontos da cidade, indicando má qualidade nos serviços.   

Pelo “andar da carruagem” e pelo silêncio dos vereadores, a CPI corre o risco de “terminar em pizza”, pois os prazos de revisão da concessão expirou no mês de dezembro, conforme disse o presidente do CPI, vereador Sargento Jenilson. Naquela ocasião ele afirmou que o contrato de concessão prevê reavaliação de 10 em 10 anos e o plano de expansão de investimentos da BRK Ambiental finalizaria no dia 31 de dezembro, data que e iria reavaliar se os investimento desde 2013 até 2019 foram executados e esperava que dentre das tratativas de revisar a atual concessão de saneamento básico de Gurupi, constassem alterações a revisão tarifária com base nos investimentos, celebração de termo de cooperação entre a ATR e a Agência de Regulação Municipal para figurar dentro do contrato o poder de regulação e fiscalização municipal, etc….

Gurupienses sem liberdade de escolha de concessionária de água e esgoto

Denunciar abusos praticados pela BRK Ambiental é “chover no molhado”. Agora com a chegada do carnaval resta aos gurupienses entoarem a música Liberdade, Liberdade, abre as asas sobre nós, neste “império decadente, muito rico e incoerente” desta empresa que domina todos nós. Tem mostrado ainda que aprendeu a convencer até mesmo os poderes republicanos.

Liberdade!, Liberdade!

Abre as asas sobre nós

E que a voz da igualdade

Seja sempre a nossa voz, mas eu digo que vem…

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *