Reforma administrativa será votada nesta terça na Câmara Municipal - Atitude Tocantins
Reforma administrativa será votada nesta terça na Câmara Municipal
Destaques Gurupi (TO) Notícias

Reforma administrativa será votada nesta terça na Câmara Municipal

Reforma administrativa será votada nesta terça na Câmara Municipal
Avalie esse post

A Câmara de Vereadores de Gurupi realiza nesta terça-feira (19) uma sessão ordinária em que terá como principal discussão a votação do Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que dispõe sobre a reforma administrativa do município. Na manhã desta segunda-feira (18) as comissões da Casa de Leis debateram e analisaram os projetos.

Por Régis Caio

Antes de entrar em votação, o projeto foi discutido nesta manhã no plenário da Câmara e contou a a presença de procuradores do município, procuradores do legislativo, servidores efetivos municipais e sindicatos que representam esses servidores. O PL da Reforma Administrativa, prevê a criação de novos cargos comissionados e aumentos de até 80% para alguns servidores.

Servidores efetivos do município acompanhando reunião das comissões no plenário da Câmara

“Depois de analisar e fazer as adequações necessárias, o Projeto vai ser levado amanhã para votação no plenário. Os outros dois projetos, do GurupiPrev e Instituto de Previdência nós devolvemos ao executivo para que possa fazer algumas adequações quanto a nomenclaturas de cargos e valores, e logo depois de pronto, ele volta novamente para a Câmara e é novamente lido, distribuído para as comissões, debatido e na sequência levado para plenário para votação”, disse o vereador André Caixeta (PSB), que faz parte da Comissão de Finanças, Orçamentos e fiscalização.

O vereador Sargento Jenilson (PRTB) disse que é contra a aprovação do Projeto. “Não concordo com o PL do executivo, pois visa apenas ingressar novos agentes públicos indicados pelo prefeito com remuneração de até R$ 6.400,00, o que não condiz com a realidade da maioria dos efetivos hoje no município. O momento nacional e estadual nos mostra que devemos conter gasto. Despesas somente com comissionado de 18 milhões de reais por ano é um gasto muito alto, que poderia está melhorando os valores pagos aos diversos profissionais da saúde, educação e quadro geral, onde a maioria recebe menos de R$ 1 mil reais líquido”, relatou.

Durante reunião das comissões nesta manhã, servidores efetivos mostraram indignação “Não podemos concordar com esses aumentos dos cargos comissionados em detrimento dos salários dos efetivos que é salário mínimo. Se é pra ter aumento para os comissionados que tenha também para os efetivos”, disse Lucileia Barbosa, que é Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Já a Prefeitura defende que “a proposta é gerar isonomia de cargos e atribuições e economia, justamente pensando em outras melhorias. Somado ainda que essa nova Lei afasta as distinções de cargos, ou seja, agora os cargos com mesmos requisitos e atribuições terão o mesmo salário e não serão mais regulados por decretos, concedendo gratificações distintas e salários diferentes para mesmo cargo”. destacou por meio de nota.

 

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *