Produtores de cachaça artesanal da região dos Azuis comemoram primeiro grande lote de vendas - Atitude Tocantins
Produtores de cachaça artesanal da região dos Azuis comemoram primeiro grande lote de vendas
Notícias

Produtores de cachaça artesanal da região dos Azuis comemoram primeiro grande lote de vendas

Avalie esse post

Governo do Tocantins fortaleceu cooperativa de produtores de cachaça que se preparam para ganhar mercado regional e nacional.

Por: Redação 

Está marcada para a terça-feira, 17, a entrega do primeiro grande lote de cachaças artesanais produzidas por agricultores familiares da região sudeste do Tocantins. Contando com 22 produtores, em 10 anos de fundação, a Dama dos Azuis, primeira cachaça produzida em cooperativa, se prepara para ganhar mercado regional e nacional.

De acordo com o diretor financeiro da Cooperativa de Produtores de Cachaça do Sudeste do Tocantins (Coopercato), Aílton Palmeira de Souza, o primeiro lote de vendas chega a 600 garrafas, comercializadas inicialmente a R$ 25 a unidade. Segundo o diretor financeiro, fazem parte da cooperativa, produtores dos municípios de Porto Nacional, Natividade, Dianópolis, Combinado, Taguatinga e Novo Alegre do Tocantins. “Estamos muito felizes por atingir um mercado maior. Foram anos de pesquisa e organização da entidade”, afirmou.

Certificações

Aílton Palmeira ressaltou que a cooperativa já possui o Registro de Produtos de Origem Vegetal no Ministério da Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Governo Federal e está finalizando a entrega da documentação necessária para conseguir a certificação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O diretor financeiro ressaltou o apoio do Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), além da unidade tocantinense do Serviço Nacional do Aprendizado e Cooperativismo (Sescoop/TO) e das prefeituras de Combinado e Taguatinga . “Não conseguiríamos chegar neste nível comercial sem estes parceiros”, afirmou.

A Dama dos Azuis, primeira cachaça produzida em cooperativa, se prepara para ganhar mercado regional e nacional. Foto: Tharson Lopes

Capacitações e investimentos

Conhecida pelas belezas naturais que adornam as Serras Gerais, a região sudeste do Tocantins é também famosa pela diversidade cultural oriunda das comunidades tradicionais e dos agricultores familiares que residem na região. A produção de cachaça artesanal sempre existiu na região, mas de maneira rudimentar. Foi então que, a partir de muitas reuniões e dos dias de campo de extensão rural, produtores daquela região se uniram para montar uma cooperativa. No início de outubro, nove produtores estiveram em Minas Gerais, o estado líder em produção de cachaça artesanal no Brasil, para participar de cursos de aperfeiçoamento.

Já no dia 27 de outubro, um curso de irrigação e manejo da cana-de-açúcar será ministrado pela Seagro, em Combinado.

De acordo com o agricultor familiar Rui Barbosa Costa, que há 16 anos produz cachaça artesanal no município de Combinado, distante a 484 km de Palmas, foram necessários investimentos em qualificação e maquinários. “Cheguei a investir cerca de R$ 80 mil em equipamentos, na montagem de um alambique com caldeira, engenho e também no armazenamento do produto. O esforço agora começa a ter retorno”, afirmou. Quem também espera os resultados positivos da primeira grande venda é a produtora Vanilda Antonia de Oliveira. Fazendo testes com garrafas para o envasamento do produto, ela sonha em expandir a Dama dos Azuis a mercados exigentes. “Não é só a cachaça que tem que ser boa e ter qualidade. Ela precisa ser bonita e apresentável. Caso contrário, o cliente não aprova”, afirmou.

Variedades

Segundo os produtores, inicialmente serão comercializados dois tipos de cachaça: o modelo prata, mais comum; e o envelhecido na madeira de umburana, árvore específica do bioma Caatinga e presente no sudeste tocantinense, com propriedades aromáticas e balsâmicas.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *