Polícia Militar localiza laboratório de entorpecentes em Dianópolis - Atitude Tocantins
Polícia Militar localiza laboratório de entorpecentes em Dianópolis
Destaques Polícia

Polícia Militar localiza laboratório de entorpecentes em Dianópolis

Polícia Militar localiza laboratório de entorpecentes em Dianópolis
Avalie esse post

Através de denúncia anônima, nesta quarta-feira, militares da Força Tática da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, em Dianópolis, no Sudeste do Estado, localizaram um laboratório de produção de entorpecentes. A operação contou com apoio do Batalhão de Choque da PM/TO e Grupo de Operações com Cães (GOC), que deslocaram de Palmas. O laboratório, funcionava em uma propriedade rural, localizada há cerca de cinco quilômetros de Dianópolis, próximo ao aeroporto municipal às margens da rodovia TO 476, que dá acesso ao município de Rio da Conceição, com ligação ao Estado da Bahia.

Da Redação

Segundo o Comandante da 2ª CIPM, Major Denyure Cavalcante, a suspeita inicial é de que a propriedade teria sido alugada pela quadrilha, para uso na produção de entorpecentes. A propriedade, utilizada como laboratório, tinha indícios de residir pessoas no local, que possivelmente trabalhavam e vigiavam o lugar, já que dentro do imóvel, além de fogão, colchão, mosqueteiro, havia geladeira com frutas, carnes, verduras frescas e mantimentos em um armário.

Fazenda onde a PM encontrou os produtos (FOTO: PM)

No local, os policiais localizaram uma betoneira com capacidade de produção de 150 litros, que segundo informação do Comandante da 2ª CIPM, se operando em escala máxima, poderia produzir aproximadamente 100 kg de cocaína por vez de uso da máquina. Os policias apreenderam também uma máquina de uso químico, para fabricação de comprimidos, com produtividade de 100 kg comprimido produzidos por “fornada”.

Além das máquinas de uso industrial, os policiais apreenderam 24.600 embalagens de comprimidos, 500 frascos utilizados para condicionamento de cocaína, quatro balanças digital, sendo duas grandes e duas de porte pequeno, cinco quilos de substância análoga à cocaína, três máquinas de solda, uma máquina para fazer o processo de encapsulamento de comprimidos, rótulos de embalagens para identificação dos produtos, uma motocicleta Yamaha, modelo MT 03 de 320 cilindradas, placa PRH 4933 de Porangatu/GO.

“Com toda essa estrutura, os criminosos podem ter movimentado milhões em dinheiro. Caso as máquinas fossem utilizadas em capacidade total, ambas, produziam cerca de 200 quilos de produtos por vez de uso”, disse informando que para cada 100 quilos de cocaína, é possível estimar uma movimentação de aproximadamente R$ 1,5 milhão e mais R$ 750 mil para cada 100 quilos de metafetamina. A suspeita da Polícia Militar é de que o laboratório estaria funcionando há cerca de seis meses. Não havia ninguém no local, no momento da ação da PM.

Quanto ao veículo apreendido, o Major informou que nada foi constatado no sistema de roubos e furtos. “A motocicleta está com documentação em dia. O proprietário é natural da Bahia, residindo em Dianópolis”, disse, informando ainda que o mesmo não estaria na cidade, e é considerado suspeito de ser um dos responsáveis pelo o laboratório. “De acordo com a denúncia, com informações específicas e a localização da motocicleta no local, tudo coloca esse indivíduo como responsável pela produção”, destacou.

Materiais apreendidos pela PM (Foto PM)

O Major destacou ainda que toda produção do local poderia estar sendo comercializada de forma interestadual, devido a quantidade produzida e a localização. “O local do laboratório é estratégico, próximo ao aeroporto da cidade e com acesso à TO 476, podendo facilmente adentrar ao Estado da Bahia, através das estradas vicinais do município de Rio da Conceição/Jalapão”, frisou. Diante da situação, a Perícia foi acionada e compareceu ao local, realizando perícia. O material que foi apreendido, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Dianópolis. Até o fechamento desta reportagem ninguém tinha sido preso.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *