Polícia Civil prende empresário suspeito de praticar furto de energia elétrica em Porto Nacional - Atitude Tocantins
Polícia Civil prende empresário suspeito de praticar furto de energia elétrica em Porto Nacional
Notícias Polícia

Polícia Civil prende empresário suspeito de praticar furto de energia elétrica em Porto Nacional

Polícia Civil prende empresário suspeito de praticar furto de energia elétrica em Porto Nacional
Avalie esse post

Policiais Civis da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Praticados Contra Concessionárias de Serviços Públicos (Derfae), comandados pelo delegado Elírio Putton Júnior efetuaram, na manhã desta sexta-feira (11) a prisão em flagrante de um empresário de 49 anos, pela prática, em tese, do crime de furto de energia elétrica, em Porto Nacional.

Por Rogério de Oliveira

De acordo com o Delegado Elírio Pútton, a fraude foi localizada no frigorífico de propriedade do suspeito, o qual alegou que possuía um gerador e que produzia a própria energia elétrica que era consumida por sua empresa. No entanto, os policiais civis após localizaram a máquina, constataram que a mesma estava desligada e não marcava absolutamente nada em termos de medição de consumo. Ainda segundo o delegado, os cabos que ligam o transformador de corrente para a chave de medição encontravam-se desligados.

“Após análise, o perito técnico constatou que havia um consumo médio de 28kw de energia em cada uma das três fases, sendo que nada desse consumo estava sendo registrado o que configura, em tese, a prática do crime de furto de energia elétrica”, ressaltou o delegado.

Diante dos fatos, o empresário foi detido em encaminhado até a Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Porto Nacional. Na unidade policial, o homem recolheu aos cofres públicos, a quantia de R$ 8 mil reais e, dessa maneira, obteve o direito de responder ao devido processo legal, em liberdade, conforme determina a lei.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *