Polícia Civil prende em Goiás suspeito de assassinar servidor da Prefeitura de Gurupi - Atitude Tocantins
Polícia Civil prende em Goiás suspeito de assassinar servidor da Prefeitura de Gurupi
Destaques Notícias Polícia

Polícia Civil prende em Goiás suspeito de assassinar servidor da Prefeitura de Gurupi

Conforme o delegado titular da DHPP, Hélio Domingos de Assis Alves, após reunir evidências sobre a autoria do crime, os policiais civis da DHPP, localizaram o paradeiro de Cleomar, na cidade goiana.

Por: Redação

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Gurupi/TO efetuou, na manhã desta segunda-feira, 29, no município de Terezinha de Goiás, a prisão de Cleomar Guedes Lima. Ele é o principal suspeito de executar a vítima Josué Silva Araújo, fato ocorrido no dia 10 de janeiro de 2018, em uma fazenda, na zona rural de Gurupi e foi preso mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado titular da DHPP, Hélio Domingos de Assis Alves, após reunir evidências sobre a autoria do crime, os policiais civis da DHPP, localizaram o paradeiro de Cleomar, na cidade goiana. Desta maneira, o delegado, representou, junto ao Poder Judiciário da Comarca de Gurupi, pela prisão do indivíduo, a qual foi deferida.

Cleomar Guedes Lima é o principal suspeito de assassinar o servidor da Prefeitura de Gurupi

Diante dos fatos, uma equipe da DHPP, deslocou-se até o município goiano e, abordou Cleomar, no momento em que o mesmo deixava um hotel e se dirigia até o Terminal Rodoviário de Terezinha de Goiás, onde pretendia embarcar em um ônibus e fugir para o estado do Mato Grosso.

No momento da abordagem, o indivíduo utilizava documentos pessoais com o nome de outra pessoa. Os policiais civis também encontraram em poder de Cleomar, a quantia de R$ 7 mil reais, que o mesmo confessou ser fruto de um tipo de golpe aplicado por ele, no Estado de Goiás.

 Ainda de acordo com o delegado, sem motivo aparente, Cleomar Guedes Lima executou a vítima Josué Silva Araújo no dia 10/01/2018 ocasião em que fazendo uso de uma espingarda calibre 36, efetuou um disparo na cabeça da vítima, que descansava em uma cadeira após o trabalho.

Após ser procurado pela Polícia Civil, em várias cidades do Tocantins e de Goiás, Cleomar foi preso, esta manhã e, será recambiado para a cidade de Gurupi, onde deverá responder pelo crime que lhe é imputado.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *