Polícia busca em Gurupi fugitivos do presídio de Anápolis - Atitude Tocantins
Polícia busca em Gurupi fugitivos do presídio de Anápolis
Destaques Notícias Polícia

Polícia busca em Gurupi fugitivos do presídio de Anápolis

Polícia busca em Gurupi fugitivos do presídio de Anápolis
1 (20%) 1 vote

Duas mulheres foram detidas e encaminhadas à central de flagrantes, tendo em vista o crime de falsa comunicação de crime e favorecimento pessoal. Equipes realizam buscas na região para localização dos fugitivos.

Por: Redação

Dois homens, fugitivos do presídio de Anápolis (GO), foram presos na BR-153 em Gurupi, após não cumprirem uma ordem de parada do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT/PRF). Marcos Felipe da Silva Santos e Zilon Pereira da Silva estavam em um FOX e seguiam rumo ao sentido norte. 

A equipe da PRF realizou acompanhamento tático. Na altura do km 656 o veículo parou no acostamento e dois indivíduos correram para o mato. No interior do veículo permaneceram duas mulheres, uma de 20 anos e outra de 23, que inicialmente alegaram ser vítimas de sequestro desde a cidade de Goiânia e que um dos sequestradores portaria uma pistola.

Fugitivo Zilon Pereira da Silva

Após entrevista e análise de dados colhidos, a PRF constatou que os indivíduos que estavam no carro eram foragidos do presídio de Anápolis desde o dia 17 de fevereiro deste mês, e não se tratava de um sequestro e sim de fuga.

A duas mulheres foram detidas encaminhadas e à central de flagrantes, tendo em vista o crime de falsa comunicação de crime e favorecimento pessoal. Equipes realizam buscas na região para localização dos fugitivos.

Fugitivo Marcos Felipe da Silva Santos

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *