Para Alan, valorização do funcionalismo por Amastha melhorou serviços públicos em Palmas - Atitude Tocantins
Para Alan, valorização do funcionalismo por Amastha melhorou serviços públicos em Palmas
Destaques Eleições Notícias Política Tocantins

Para Alan, valorização do funcionalismo por Amastha melhorou serviços públicos em Palmas

Para Alan, valorização do funcionalismo por Amastha melhorou serviços públicos em Palmas
Avalie esse post

Coordenador político da coligação “Palmas Bem Cuidada”, o presidente do PSB da Capital, Alan Barbiero, destacou a relação entre a política de valorização dos servidores implantada pelo prefeito e candidato à reeleição Carlos Amastha (PSB) e os resultados positivos alcançados pela Capital do Tocantins.


Segundo ele, não é possível dissociar o desenvolvimento da cidade das ações de capacitação e reconhecimento que foram colocadas em prática pela atual gestão em relação a seu quadro de pessoal.

Em uma proposta inovadora, o prefeito lançou o Capital Humano – Programa de Valorização do Servidor, um marco para o funcionalismo público municipal. Uma das ações deste programa é o Carreira Justa, que busca corrigir as distorções históricas nos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da Prefeitura de Palmas. Elaborado com suporte Câmara Permanente de Recursos Humanos e acompanhamento dos Sindicatos, a primeira etapa implantada beneficiou 2.940 servidores, com um investimento anual de R$ 6.010.638,75, contemplando inicialmente a equiparação dos salários dos servidores de ensino fundamental e médio da Saúde e do Quadro Geral, com os servidores dos mesmos níveis, dos quadros da Educação.

alan-amastha

Qualificação e meritocracia

Na área de capacitação e aperfeiçoamento foi criado o Instituto Vinte de Maio (IVM), que reúne, em um só espaço, as escolas de Gestão, de Saúde e de Educação. Com estrutura ampla e moderna, o IVM possui 2000 m² de área construída, dispondo de um auditório para 150 lugares, salas de aula com capacidade para 50 alunos, sala de informática, além de biblioteca dotada de computadores e sala de estudo; sala de professores, sala de reuniões e estúdio com ilha de edição. Tudo visando aprimorar o atendimento ao cidadão.

Outro projeto de capacitação é o Servidor Multiplicador, que tem o objetivo valorizar e incentivar o servidor a multiplicar, dentro da Gestão Municipal, o conhecimento adquirido e ainda receber uma remuneração pelo curso. Projeto implantado com 66 propostas selecionadas via edital e capacitações em andamento.

Como forma de reconhecimento e incentivo também foi lançado o Superhar, sistema de meritocracia, que premia os servidores que se destacam no cumprimento das metas. Referente ao ano de 2015, já foram distribuídos mais de R$ 4 milhões e mais R$ 2 milhões serão pagos, referentes ao primeiro semestre de 2016. São mais de R$ 6 milhões em bônus que vão direto para a conta dos servidores.

Pagamento em dia

Ainda segundo Barbiero, a implantação do Programa de Valorização dos Servidores não cancelou ou prejudicou as discussões e o pagamento de outros benefícios com o quadro de pessoal e sindicatos. “Mantemos firme nossas obrigações, coisa que alguns Estados e Capitais não estão conseguindo cumprir. Os salários são pagos antecipadamente, todas as progressões estão sendo pagas, ampliamos o pagamento da insalubridade, principalmente para os servidores da saúde, e a data base do funcionalismo público foi antecipada para janeiro”, acrescentou.

Assim, em uma gestão moderna, profissionalizada, que valoriza o talento e o mérito dos servidores, os resultados são visíveis, com serviços públicos municipais mais ágeis e eficientes. “Podemos compartilhar do orgulho de ver nossa cidade ser referência, recebendo prêmios e reconhecimentos. Nossos servidores prestam um serviço de excelência. A população tem percebido isso, pois melhoramos a eficiência e reduzimos os prazos para atender as demandas da sociedade”, ressaltou.

Além das melhorias na prestação dos serviços, outro resultado sentido diretamente pela população palmense é na economia da cidade. O valor da folha de pagamento saiu de pouco mais de R$ 23,5 milhões, em agosto de 2012, para mais de R$ 39,6 milhões pagos neste mês. São R$ 16,1 milhões a mais, que reapresentam um crescimento de quase 70%. “O pagamento antecipado dos servidores, o crescimento da folha de pagamento, com 85% desse valor pago para servidores concursados, impactam diretamente na economia da Capital. São recursos, majoritariamente, gastos aqui que movimentam setores como comércio e serviços”, concluiu.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *