Opinião| Pedem os pratas da casa, mas não comparecem - Atitude Tocantins
Opinião| Pedem os pratas da casa, mas não comparecem
Notícias Opnião

Opinião| Pedem os pratas da casa, mas não comparecem

Opinião| Pedem os pratas da casa, mas não comparecem
4 (80%) 2 votes

Na festa de aniversário de Gurupi na última quarta-feira (13) dia em que teve o bolo de 61 metros a atração musical ficou por conta de artistas regionais. Porém na hora do show poucas pessoas prestigiaram, fato que demonstra a hipocrisia de muitos que pregam a valorização local.

Por Régis Caio [1]

Durante a festa da última quarta, presenciei um público abaixo do esperado para acompanhar os artistas locais, dava para contar nos dedos o número de pessoas. No ano passado também acompanhei a festa de aniversário de Gurupi. Na época, a dupla Rick e Rangel, que canta sertanejo universitário, conseguiu atrair muita gente.

Cito aqui também a programação do Arraiá da Amizade deste ano. A banda Falamansa agitou os gurupienses, o show estava lotado, já no dia dos artistas locais, o baixo número de pessoas foi registrado de forma negativa.

O que não consigo entender é que nesta última semana acompanhei várias pessoas exigindo a participação de músicos regionais no aniversário da cidade. “Tem que valorizar o que é nosso”, disse um conhecido, que na hora do show não o vi prestigiando, ou seja, só palavras ao vento.

Com isto fica evidente que muitos só exigem e cobram em discurso de redes sociais, só tem blá blá blá, enquanto na realidade tudo é diferente. Pedem os pratas da casa, porém não comparecem; fato que demonstra a hipocrisia de muitos que pregam a valorização local.

[1] Régis Caio é jornalista e colunista do Portal Atitude

 

 

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.