Opinião do leitor | A família Barros e os 60 anos de Gurupi: de Doca a Laurez - Atitude Tocantins
Opinião do leitor | A família Barros e os 60 anos de Gurupi: de Doca a Laurez
Destaques Notícias Opnião

Opinião do leitor | A família Barros e os 60 anos de Gurupi: de Doca a Laurez

Opinião do leitor | A família Barros e os 60 anos de Gurupi: de Doca a Laurez
Avalie esse post

“Não vou cometer a injustiça de dizer que tudo se deve exclusivamente a um grupo familiar, até porque, seria uma grotesca mentira. Meu objetivo é, ao homenagear os Barros, reverenciar os pioneiros que estiveram aqui em todos os momentos e que agora recebem o apoio e a qualidade de todos os que vieram depois deles; afinal, Gurupi não para de crescer e de receber pessoas de imenso valor”. Jonas Barros.

por Jonas Barros


O antigo norte goiano deve muito às pessoas que vieram nas ondas migratórias que aconteceram antes desse lugar ter se tornado o Estado do Tocantins.  Eram tempos difíceis, sem a mínima infraestrutura, e que só foram superados com a força de vontade e a valentia dos pioneiros. Dentre essas famílias, algumas até hoje lutam pela consolidação da região. Eu peço licença para registrar uma que conheço bem: os Barros.

O Barros vieram do Maranhão e escolheram este lugar atraídos pela abundância em água, pelo garimpo de cristais e pela facilidade que o terreno apresentava para a pecuária. Eles se espalharam entre os municípios de Cristalândia, Pium, Dueré e, claro, Gurupi.

Um dos primeiros cidadãos a deixar sua marca na história local foi o juiz nomeado Clemente Luiz de Barros. Clemente foi pioneiro nessa função e exerceu valoroso papel na arbitragem da justiça naquele tempo em que isso, mais do que hoje, era realmente um grande desafio.

Outro nome que está nos anais de Gurupi, município que completa 60 anos de emancipação política em 2018, é o do primeiro prefeito. Melquiades Barros dos Santos, conhecido como Doca, foi nomeado pelo governador de Goiás com a incumbência de delinear e adotar as providências necessárias para a instalação da administração pública.

Praça Santo Antônio em 1967

Depois desses pioneiros destacados vieram os filhos e os netos, uma porção de gente que estudou, empreendeu e deu sequência à trajetória de sucesso da família Barros. Muitos deles se tornaram profissionais liberais, médicos, engenheiros, políticos dentre outras atividades. Os Barros nunca deixaram de participar das decisões que fizeram e fazem de Gurupi um município ímpar na história do Tocantins.

Ao longo destes 60 anos é certo que nós já passamos por muitas transformações sociais, econômicas e políticas; todas elas importantes para a consolidação do que somos hoje em dia, mas que não é objetivo deste artigo discorrer ou elencar. Minha intenção é tecer considerações sobre o momento que estamos vivendo ao completarmos tão importante data e relacionar isso à família Barros, a minha família.

Não vou cometer a injustiça de dizer que tudo se deve exclusivamente a um grupo familiar, até porque, seria uma grotesca mentira. Meu objetivo é, ao homenagear os Barros, reverenciar os pioneiros que estiveram aqui em todos os momentos e que agora recebem o apoio e a qualidade de todos os que vieram depois deles; afinal, Gurupi não para de crescer e de receber pessoas de imenso valor.

Chegamos aos 60 anos com muito a comemorar, sim.

Temos nos fortalecido nos setores econômicos que são de nossa vocação, como o comércio e os serviços em geral. Crescemos como ponto de referência para o agronegócio com a exuberância da agricultura familiar que abastece semanalmente a mesa dos consumidores por meio das feiras que realizamos; somos ainda o mais importante entreposto comercial da região Sul do Tocantins; os serviços públicos que oferecemos no âmbito do município são destaque ano após ano, com saúde, educação e lazer de primeira qualidade; recentemente pudemos comemorar a transformação da UnirG em Universidade, o que irá impulsionar ainda mais nossa excelência nesta área, atraindo gente de valor e ampliando ainda mais nossa economia.

E muito mais está sendo feito e planejado pela gestão atual.

É claro que não podemos nos acomodar. E para isso é importante que o prefeito esteja consciente de suas responsabilidades. E Laurez, sinceramente, está. Eu por justiça preciso associar este quadro que é, digo eu, bastante promissor ao que o prefeito e sua equipe vêm fazendo para dar a estrutura de que o município precisa para orgulhar a todos o nós e continuar oferecendo espaço para crescimento de seus filhos. Nascidos aqui ou que vieram por vontade própria.

Jonas Barros e Laurez Moreira.

Essa segunda gestão de Laurez, especialmente, vem projetando Gurupi ao patamar das melhores cidades da região Norte do Brasil, e com isso recebendo o reconhecimento de todos pelo esforço no aprimoramento da gestão e dos aparelhos que prestam serviços ao público. Laurez conseguiu organizar e dar agilidade à máquina e, exatamente por isso, fez sobrar recursos para entregar um grande volume de obras no momento em que comemoramos os 60 anos de nossa existência jurídica.

Bom. Talvez muitos de vocês não saibam, mas Laurez Moreira, embora não utilize socialmente, é da Família Barros. Por tudo isso, e pela qualidade desta que em minha opinião será lembrada como a melhor gestão da cidade, finalizo dizendo que ele conseguiu dar seguimento ao ideário da família, qual seja: não medir esforços para contribuir na sedimentação dessa sociedade que formamos e abraçamos todos os dias.

Gurupi,       novembro de 2018

Jonas Barros

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.