Óbitos causados por doenças cardiovasculares chegam a 2186 no Tocantins em 2018 - Atitude Tocantins
Óbitos causados por doenças cardiovasculares chegam a 2186 no Tocantins em 2018
Destaques Estado Notícias Saúde Saúde

Óbitos causados por doenças cardiovasculares chegam a 2186 no Tocantins em 2018

Óbitos causados por doenças cardiovasculares chegam a 2186 no Tocantins em 2018
Avalie esse post

De acordo com dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), 17,5 milhões de pessoas morrem por ano no mundo em decorrência de doenças do coração. No Brasil, até o final de agosto último, mais de 260 mil pessoas já haviam perdido a vida por causa de doenças cardiovasculares, segundo dados da Campanha Coração Alerta, indicador da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI). Até o final do ano a previsão de mortes por doenças cardiovasculares podem chegar a 400 mil. 

por Redação

No Tocantins, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) foram registrados 2186 óbitos por conta de doenças cardíacas que afetam o coração e os vasos sanguíneos, incluindo problemas estruturais e coágulos em 2018 e 699 em 2019, até o momento. 

A tabela de enfermidades cardiovasculares da SES, inclui 54 tipos de doenças. Segundo o levantamento, o infarto agudo do miocárdio é responsável pelo maior número de mortes. Ao longo dos dois anos, foram registrados 800 óbitos no Estado. Em segundo lugar está a doença cardíaca hipertensiva, com 283 óbitos, seguido do acidente vascular cerebral com hemorragia isquêmica que registrou 238 mortes entre 2018 e 2019. 

O panorama fora do Estado não é diferente. De acordo com estatísticas da SBHCI o infarto e o AVC, são os maiores  responsáveis por mortes em todo o mundo. No Brasil, representam mais de 30% dos óbitos registrados.

Conforme o médico da equipe de hemodinâmica do Hospital Palmas Medical, Eliakin Radke, as doenças cardiovasculares são um conjunto de doenças que afetam o coração, vasos sanguíneos e suas estruturas adjacentes. Entre as enfermidades mais comuns estão a hipertensão arterial sistêmica, a angina precordial, o infarto agudo do miocárdio e os acidentes vasculares cerebrais (AVC), entre outras. 

O especialista explica que a incidência elevada das doenças cardiovasculares se deve a uma soma de fatores. A questão genética de cada pessoa, a dieta inadequada, tabagismo, falta de exercícios físicos, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e a presença de outras doenças associadas, como o diabetes, hipertensão arterial sistêmica e colesterol elevado são alguns deles. 

“As doenças cardiovasculares matam mais do que câncer, acidentes e mortes violentas, porém as pessoas muitas vezes por desconhecimento ou por não terem sintomas não se dão conta dos riscos a médio e longo prazo que fatores como hipertensão arterial mal controlada, obesidade, tabagismo, sedentarismo podem acarretar. Por conta disso, acabam não procurando acompanhamento para o diagnóstico, não aderindo ao tratamento ou deixando de manter acompanhamento. Essa consciência da importância dos fatores de risco é primordial para diminuir a mortalidade das doenças cardiovasculares”. 

Eliakin conta que o acompanhamento regular com o médico cardiologista, assim como tentar manter o peso ideal, a prática recorrente de exercícios físicos, a diminuição do consumo de sal, abandonar o consumo de cigarro, auxiliam de maneira positiva. “Resumindo, buscar ter uma vida mais saudade e feliz é primordial”, diz. 

Com uma equipe de médicos especialistas, o Hospital Palmas Medical, trabalha com o serviço de hemodinâmica, que se dedica a realização de exames diagnósticos e procedimentos terapêuticos cardiovasculares e neurológicos por meio de técnicas minimamente invasivas, reduzindo tempo de internação e complicações.

A tecnologia dos equipamentos e equipes capacitadas são algumas das aliadas na realização de tratamentos complexos com segurança adicional e com maior eficiência, diminuindo os riscos de complicações, exposição à radiação, tempo de internação e mais rápida recuperação e retorno às atividades. 

“A Unidade de Hemodinâmica do Hospital Palmas Medical é equivalente às unidades de hemodinâmica mais modernas do mundo e é capaz de realizar todos os procedimentos diagnósticos e terapêuticos cardiológicos, neurológicos e vasculares como cateterismo cardíaco, coronariografia angioplastia coronária e periférica com implante de stents, valvuloplastias mitral e aórtica, TAVI (implante valvar aórtico percutâneo), procedimentos congênitos entre outros tratamentos”. 

Para a realização destes procedimentos, a equipe é formada por cardiologistas intervencionistas, neurorradiologistas, cardiologista pediátrico intervencionista, angiologistas, cirurgiões cardiovasculares, anestesiologistas e enfermeiras especialistas e equipe de técnicos de enfermagem e de apoio nas demais atividades. 

“A Hemodinâmica do Hospital Palmas Medical tem como diferencial uma equipe médica altamente especializada, os mais modernos recursos tecnológicos e a missão de sempre buscar um atendimento de excelência e o bem estar do paciente e familiares”. 

O comerciante Rogério Santos, 63 anos, é um dos pacientes que precisam conviver com as doenças cardiovasculares. Hipertenso e com problemas de colesterol alto, ele já precisou realizar um cateterismo que indicou um quadro preocupante de saúde. Mesmo praticando exercícios e com a alimentação regular, o idoso conta que se assustou ao descobrir que foi diagnosticado como um paciente que sofre com problemas cardíacos. 

“Descobri que estava com uma obstrução e foi preciso colocar dois stents para resolver o problema. No meu caso foi a tempo, faço acompanhamento regularmente com cardiologista então ele percebeu uma alteração nos exames e recomendou o tratamento. Os problemas cardíacos são comuns na minha família e mesmo já esperando, é preciso cuidar, ficar de olho. Sou muito novo ainda, quero viver bastante”, finaliza. 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *