No dia da vigência de novo Decreto filas e aglomerações continuam em frente a bancos e dentro de supermercados de Gurupi - Atitude Tocantins
No dia da vigência de novo Decreto filas e aglomerações continuam em frente a bancos e dentro de supermercados de Gurupi
Cidades Destaques Gurupi (TO) Notícias

No dia da vigência de novo Decreto filas e aglomerações continuam em frente a bancos e dentro de supermercados de Gurupi

Nesta terça-feira, 11, mesmo com explosão de novos casos, a falta de consciência e de fiscalização, mais uma vez, foi demostrada com o grande número de pessoas aglomeradas em frente a agência da Caixa Econômica Federal e em filas de caixas de Supermercados no momento em que o município registrou 70 novos casos e possui 934 pessoas em tratamento entre os 1.673 contaminados com a Covid-19.

por Wesley Silas

Nesta terça-feira, 11, foram confirmados em Gurupi 1673 casos da Covid-19, destes, 721 pessoas estão recuperadas, 934 estão em tratamento e 18 óbitos.

Mesmo com o aumento dos números de novos casos, as aglomerações em frente ao bancos, em especial a Caixa Econômica Federal, continuou descontrolado, pelo menos até o momento em que a reportagem do Portal Atitude acompanhou com certa distância não foi observado nenhuma fiscalização, conforme mostra a imagem abaixo.

Novo Decreto

Para minimizar a explosão de casos, na sexta-feira, 07, foi divulgado um novo decreto usa o mesmo parâmetro do Portugal (veja aqui) ao estabelecer lotação máxima no interior do estabelecimento de 8 pessoas a cada 100 metros quadrados, calculado sobre a área do estabelecimento.  Em um dos supermercados da cidade, conforme mostra a imagem abaixo, faltou fiscalização e consciência das pessoas que se aglomeraram em frente aos caixas.

Falta consciência

Desde o dia 09 de agosto estão proibidos em Gurupi a abertura de Feiras livres (Ruas 7 e Rua 13), Igrejas, bares, lojas de conveniências (não instaladas em postos de combustíveis). O mesmo artigo do Decreto 844 suspende velórios – por mais de 2 (duas) horas, devendo o mesmo ser realizado no cemitério onde for acontecer o sepultamento, com a participação apenas de familiares e veda a circulação de pessoas em locais ou espaços públicos, tais como: praças, calçadões, academias ao ar livre, centros esportivos públicos, salvo quando em deslocamentos imprescindíveis para acessar as atividades essenciais.

Confira aqui a íntegra do Decreto.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *