Mais uma vez! Vegetação da nascente do córrego Mutuca de Gurupi é destruída - Atitude Tocantins
Mais uma vez! Vegetação da nascente do córrego Mutuca de Gurupi é destruída
Cidades Destaques Gurupi (TO) Meio Ambiente Notícias

Mais uma vez! Vegetação da nascente do córrego Mutuca de Gurupi é destruída

Avalie esse post

Enquanto o debate de preservação das nascentes dos córregos de Gurupi, como exemplo a criação de Unidades de Conservação das Nascentes proposto em 2015 pela Prefeitura; mais uma vez uma queimada que iniciou no Residencial Daniela queimou boa parte da vegetação da nascente do córrego Mutuca.


por Wesley Silas

Com aproximadamente 90 dias sem chuvas e para piorar a situação da falta de umidade no ar as queimadas, que em nos primeiros 10 dias de agosto o Tocantins teve quase 800 focos, coloca em ricos a extinção de espécies da fauna, flora e nascentes de córregos, como exemplo do Mutuca, localizado na zona urbana de Gurupi.

Por volta das 12h desta sexta-feira, 11, uma queimada de proporção considerável provocada, provavelmente, por moradores do setor Daniela fez um estrago na vegetação nativa e por pouco não atingiu algumas residências.

Para conter o fogo estavam no local três policiais do Corpo de Bombeiros e três Brigadistas, conforme relatou um Bombeiro ao Portal Atitude.

Foto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTOFoto: Wesley Silas/AtitudeTO

Moradores do local reclamam que todos os anos a cena se repete, como exemplo do que aconteceu em 2015 registrado em uma matéria (LEIA AQUI) publicada neste Portal de Notícia.

Projetos

Várias promessas para conservar as nascentes dos córregos de Gurupi não saem dos “tubos de ensaio”, uma dela aconteceu em 2015 quando e então Diretor de Meio Ambiente de Gurupi, Jandislau José Lui, ensaiou a criação de Unidades de Conservação das Nascentes dos Córregos Mutuca e do Água Franca.

No entanto, a esperança da conservação destas áreas está na execução do projeto Bacias Hidrográficas dos Rios Santo Antônio e Santa Tereza e Bacias Urbanizadas de Gurupi, que vem sendo desenhado desde o ano de 2015 pela Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), em parceria com a Unirg e UFT e visa debater melhor sobre os conflitos pelo uso da água e induzir políticas públicas adequadas por meio do por meio do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.

Sobre o córrego

 O Córrego Mutuca é o mais conhecido curso d`água de Gurupi. Ele nasce no Setor Residencial Daniela, do outro lado da BR 153. Na parte alto do córrego existem duas represas, e após cruzar o viaduto da BR 153, ele percorre a Avenida Beira Rio, passando pela Parque Mutuca, pela Rodoviária da cidade e depois de alguns quilômetros, desagua no córrego Água Franca.

O Parque Mutuca foi construído em 2004, às margens desse córrego e atualmente é o cartão postal da cidade. O Parque Mutuca é utilizado pela comunidade para atividades de lazer, esporte e caminhadas, além de servir como espaço para shows e eventos culturais. (Wesley Silas com informações de Giovani Salera)

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *