Logística Reversa | Prefeitura de Gurupi fecha parceria para recolhimento de pilhas - Atitude Tocantins
Logística Reversa | Prefeitura de Gurupi fecha parceria para recolhimento de pilhas
Cidades Destaques Gurupi (TO) Meio Ambiente Notícias

Logística Reversa | Prefeitura de Gurupi fecha parceria para recolhimento de pilhas

“Vamos acondicionar e encaminhar diretamente para São Paulo, onde será feito a reciclagem deste material que é composto por muitos metais pesados tóxico que jogado no meio ambiente causa grandes prejuízos”, disse o técnico em Meio Ambiente  da Prefeitura de Gurupi, Diego Raoni da Silva Rocha.

por Wesley Silas

Nesta segunda-feira, 04, a Diretoria Municipal de Meio Ambiente esteve em alguns pontos do comércio da cidade para recolher algumas dezenas de quilos de pilhas e baterias de celulares espalhados na cidade.

A logística reversa só está acontecendo após uma parceria entre a Prefeitura de Gurupi, por meio da Diretoria de Meio Ambiente, com a GREEN Eletron que é uma associação sem fins lucrativos criada, exclusivamente, para coordenar operações de logística reversa de pilhas de forma coletivamente com foco no descarte proveniente pelos consumidores domésticos.

“Conseguimos fechar uma parceria com a GREEN Eletron, situada em São Paulo, que promove a logística reversa que sensibilizou com a nossa proposta. Esta parceria favorece ganho financeiro para o comércio local devido a alto curto da devolução e grande parte dos comerciantes de Gurupi são pequenos e não tinham condições de custear”, disse o técnico Meio em Ambiente, Diego Raoni da Silva Rocha.   

  

Segundo o que preza as leis vigentes sobre este tema (Conama 401/08 e lei 12.305/10), a responsabilidade pela logística reversa deve ser compartilhada, e os estabelecimentos comerciais são os únicos locais obrigados a receber pilhas dentro de um sistema de logística reversa.

Ele lembrou que existem algumas empresas de Gurupi que já implementaram políticas reversa de coleta de pilhas. “Temos exemplo como o Supermercado Quartetto, assim como outros locais como a UFT, Lojas Nosso Lar, Novo Mundo e Tony Eletrônicos. Agora vamos abrir pontos de recolhimentos na UnirG, na Prefeitura da Rua 01, no Centro Administrativo da Prefeitura que fica na saída para Peixe”, disse.

Quanto a coleta de baterias de celulares, ele informou que a Prefeitura busca sensibilizar os comerciantes a adotar a política da coleta.

“A Lojas Novo Mundo recolhe, inclusive, baterias de celulares, enquanto as Casas Bahia que era uma das maiores referência parou de ser um ponto de recolhimento voluntário”, disse.

Campanha publicitária

A parceria com GREEN Eletron é considerada como  grande ganho para o meio ambiente devido a solução para um problemas grave.

“Com esta parceria, o município vai começar a incentivar e divulgar a importância da coleta de pilhas por meio de uma campanha publicitária. Para isso, já estamos com material sendo preparado e o município será um concentrador dos pontos de coletas, onde todo mundo poderá depositar nas mercearias”, explicou.

Diego Rocha informou que será coletado nos pontos de recebimento cadastrados mensalmente e, a cada 200 kg acumulados será enviado para a empresa especializada para fazer o descarte.

“Vamos realizar cadastros destes pontos para que a Prefeitura possa recolher uma vez ao mês, ou quando estiver cheio o recipiente. Depois vamos acondicionar e encaminhar diretamente para São Paulo, onde será feito a reciclagem deste material que é composto por muitos metais pesados tóxico que jogado no meio ambiente causa grandes prejuízos”, explicou.

Ele informou que as baterias de celulares irão para outro destino.  “Foi a nossa primeira grande coleta. Agora vãos separar as pilhas das baterias de celulares que terão outro direcionamento”, disse.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *