Kátia Abreu quer diálogo com Funai para viabilizar construção da Transbananal - Atitude Tocantins
Kátia Abreu quer diálogo com Funai para viabilizar construção da Transbananal
Destaques Estado Notícias

Kátia Abreu quer diálogo com Funai para viabilizar construção da Transbananal

Kátia Abreu quer diálogo com Funai para viabilizar construção da Transbananal
Avalie esse post

Desde abril deste ano, o DNIT tem autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) para entrar na área e dar início ao estudo, porém não conseguiu efetivamente acessar a ilha devido à resistência dos indígenas locais.

Por: Redação

A senadora Kátia Abreu se reuniu nesta quarta-feira (1º) com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira, para pedir informações sobre o andamento da construção da chamada “Transbananal”, extensão da BR-242 que atravessa a Ilha do Bananal, no Tocantins.

As obras da Transbananal – trecho considerado estratégico para o escoamento da produção agrícola do Tocantins e do centro do Brasil – dependem do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), de responsabilidade do DNIT.

Desde abril deste ano, o DNIT tem autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) para entrar na área e dar início ao estudo, porém não conseguiu efetivamente acessar a ilha devido à resistência dos indígenas locais. Por isso, as pesquisas de viabilidade estão paralisadas e sem perspectiva de retomada.

“Entrarei em contato com a Funai local para tentar um diálogo e me informar sobre o motivo da resistência dos indígenas da Ilha do Bananal. Queremos garantir, claro, a compensação por eventuais impactos ambientais, mas também queremos que essa estrada se torne uma fonte de renda sustentável para aquela comunidade”, afirmou a senadora. “O país não pode ficar com uma divisa entre Estados de 400 km sem ligação asfáltica”, completou.

“Nada poderá ser feito sem diálogo com índios, Funai e CIMI (Conselho Indigenista Missionário). Precisamos esgotar todas as possibilidades, pois essa estrada pode ser também importante para os índios”, enfatizou Kátia Abreu.

Senadora se reuniu com diretor do Dnit para pedir informações sobre impasse no projeto

BR-242

No Tocantins, o trecho da BR-242 que atravessa a Ilha do Bananal, conhecido como Transbananal, adentra a Terra Indígena Parque do Araguaia. Essa via, de 84 km, é precária, sem pavimentação e fica completamente intransitável durante o período de chuvas.

Quando construída, a Transbananal vai integrar o sistema viário do Tocantins, ligando o município de Dueré (TO) a São Félix do Araguaia (MT). Poderá facilitar a integração dos oceanos Atlântico e Pacífico e servirá de corredor de conexão do Brasil com os países acima da linha do Equador.

A estrada é considerada estratégica para escoar a produção do Mato Grosso, o que viabilizará carga para a Ferrovia Norte Sul. O Tocantins terá facilidade para aquisição de milho e consequente produção de aves e suínos, além de fornecer calcário para os estados vizinhos.

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *