Indígena aponta falha no programa PREVFOGO do IBAMA na Ilha do Bananal - Atitude Tocantins
Indígena aponta falha no programa PREVFOGO do IBAMA na Ilha do Bananal
Cidades Destaques Formoso Meio Ambiente Notícias

Indígena aponta falha no programa PREVFOGO do IBAMA na Ilha do Bananal

Indígena aponta falha no programa PREVFOGO do IBAMA na Ilha do Bananal
Avalie esse post

Após o incêndio em 08 casas de indígenas na aldeia de Canoanã na Ilha do Bananal ocorrido na tarde desta terça-feira, 15, o vereador  por Formoso do Araguaia, Robson Haritianã (PRTB), que também faz parte da comunidade indígena, criticou o Programa de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais em Terras Indígenas no Estado do Tocantins – PREVFOGO. “Neste ano, como não fizeram a prevenção, agora pela tarde pegou fogo no capim e deu uma ventania muito grande que jogou faíscas nas casas”, disse Robson Haritianã.

por Wesley Silas

No mês de julho o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) noticiou que iria investir no Tocantins o montante de R$ 5 milhões em ações de prevenção e combate as queimadas no Tocantins como parte do Programa de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais em Terras Indígenas no Estado do Tocantins – PREVFOGO.

Apesar dos investimentos, Robson Haritianã comentou ao Portal Atitude que houve falta prevenção na aldeia onde mora o seu povo que acompanharam nesta terça-feira, 15, aproximadamente, 08 casas sendo destruídas pelo fogo.

“Ao redor da aldeia tem capim que nesta época fica seco e quando pega fogo com vento as faíscas acabam chegando nas casas e foi o que aconteceu neste ano. Só que nos últimos anos teve prevenção do PREVFOGO onde eles queimaram o capim em redor das casas bem antes nos meses de maio de junho e com isso não chega até as casas. Neste ano, como não fizeram a prevenção, agora pela tarde pegou fogo no capim e deu uma ventania muito grande que jogou faíscas nas casas”, disse.

Neste ano, o Programa de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais em Terras Indígenas no Estado do Tocantins – PREVFOGO chegou a contratatar 187 brigadistas distribuídos em 5 funções (Gerente, Chefe de Esquadrão, Chefe de Brigada, Agente de Manejo Integrado do Fogo e Brigadista) para atuar desde o mês de abril em prevenção e combate aos incêndios florestais nas Terras de 5 grupos Indígenas do Tocantins: Apinayé, Kraô, Xerente e Karajá/Javaé da Ilha do Bananal. A extensão da área a ser atendida é de aproximadamente 2 milhões de hectares.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.