Hortas comunitárias em Gurupi oferecem alimentos livres de agrotóxicos - Atitude Tocantins
Hortas comunitárias em Gurupi oferecem alimentos livres de agrotóxicos
Gurupi (TO)

Hortas comunitárias em Gurupi oferecem alimentos livres de agrotóxicos

Município já conta com quatro hortas que é administrada por moradores dos bairros, os alimentos colhidos são distribuídos para famílias carentes.

Da Redação

Imagine ter à sua disposição um espaço para plantar e colher as hortaliças sem agrotóxico. Há dois meses, os moradores do bairro João Lisboa da Cruz Costa, em Gurupi, contam com um espaço assim, uma horta comunitária que se alimentam de forma saudável.

A horta comunitária é idealizado pelo vereador Eduardo Fortes em parceria com a UFT de Gurupi e moradores de bairros, que desenvolve há dois anos o projeto social nos bairros da cidade. Gurupi conta atualmente com quatro hortas comunitárias nos setores Bela Vista, Campo Belo, João Lisboa e Santa Cruz.

Mayelle Stefany Pereira Costa, Presidente da Associação de Moradores do João Lisboa da Cruz, é um das pioneiras. Junto dela há 20 famílias fazendo parte do projeto que ajudam a deixar o local ainda mais bonito por meio do plantio. Mayelle estima que cerca de 150 pessoas já estão sendo beneficiadas diretamente com a horta. Para ela, a integração entre os moradores é um dos grandes resultados.

“Houve uma grande mudança na comunidade com a implantação da horta, todos se envolveram unindo forças para cultivarmos nossa própria horta sem agrotóxico. Várias famílias já começaram a ser beneficiadas. O projeto não tem custo, o intuito é atender aqueles que mais precisam para adquirir refeições saudáveis”, finalizou a presidente da Associação de Moradores, Mayelle Stefany.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *