Governador Carlesse comenta doação de kit alimento para mais de 5 mil famílias Gurupi e diz que não aceita candidatos fazer uso político da ação de governo - Atitude Tocantins
Governador Carlesse comenta doação de kit alimento para mais de 5 mil famílias Gurupi e diz que não aceita candidatos fazer uso político da ação de governo
Destaques Estado Notícias

Governador Carlesse comenta doação de kit alimento para mais de 5 mil famílias Gurupi e diz que não aceita candidatos fazer uso político da ação de governo

O governador Mauro Carlesse comentou ao Portal Atitude sobre a importância de manter o isolamento social de pessoas que passam por dificuldades financeira neste momento de isolamento social. Ele argumentou ainda que não aceita e por isso tem aconselhado sua equipe a não permitir que pré-candidatos (prefeito e vereadores) façam uso político da ação emergencial promovida pelo Governo do Tocantins com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO).

por Wesley Silas

Depois de entregar kit de alimentos como cestas básicas e material de higiene para alunos da rede pública estadual, o Governo do Tocantins distribuiu, apenas em Gurupi, mais de 6 mil cestas básicas para pessoas que passam necessidade devido ao isolamento social e com isso estão impedidas de exercer suas profissões.

Ao Portal Atitude o Governador lembrou não tem como manter o isolamento social se as pessoas não tiverem alimentos em suas residências. Ele asseverou que recomendou sua equipe ficar atenta para que não aconteça uso político de pré-candidatos a prefeito e vereador neste momento pré-eleitoral.

“Não basta apenas pedir para a população ficar em casa. É preciso também garantir o mínimo de subsistência” disse o governador. Ele reiterou: “Estamos com esta ação em todo o estado atendendo populações dos assentamentos, famílias dos alunos da rede pública Estadual, segmentos de trabalhadores, entidades de assistência. Se Deus quiser e com ajuda do povo vamos vencer a batalha. O Tocantins é forte e o povo é invencível nessa batalha”, ressaltou.

Segundo o Índice de Isolamento Social Inloco, no dia 27 de maio 41,1% da população brasileira estavam em isolamento e no Tocantins o número estava em 35,9%. O dia 22 de maio o Tocantins chegou a alcançar índice de 57,4% em isolamento social.

Região Sul

A ação também está sendo realizada nos demais municípios da região sul: Aliança do Tocantins, Alvorada, Araguaçú, Cariri, Dueré, Figueirópolis, Formoso do Araguaia, Peixe, Sandolândia, São Maria Alzenice, da cidade de Dueré contou sobre sua situação neste momento. “Tenho quatro filhos e contando comigo e meu marido somos seis pessoas dependendo de alimentos. A dificuldade está bem grande”, afirmou. Em Dueré, mais 400 famílias receberam cestas básicas nessa segunda-feira, 25.

Já em Formoso do Araguaia, mais 500 famílias foram atendidas nesta terça-feira, 26. Edilza Barros de Moraes já recebeu sua cesta básica e também ficou agradecida pelos mantimentos. “Sou costureira e artesã. No momento estou fazendo máscaras de tecido para vender e complementar a renda. Ainda bem que nesta pandemia minha família também pode contar com a ajuda do Governo do Tocantins”.

Para a trabalhadora autônoma, Joana Brito dos Santos, a cesta também chega na hora certa. Ela que vendia cremosinho nas ruas de Formoso do Araguaia, com o isolamento social faz mais de três meses que não vende. “Estou me sentindo muito só, hoje mesmo estava pensando nessa solidão quando chegou a cesta em minha casa. Então senti que era de Deus. Muito obrigada pela ajuda”, agradeceu.

Dados

O Governo do Tocantins já contabiliza mais de 70 mil famílias atendidas com cestas básicas, nos 139 municípios em virtude dos impactos da pandemia. A ação teve início em 21 de março. Os objetivos principais são: assistir as famílias vulneráveis do Estado, bem como apoiar os trabalhadores que mais foram afetados com o isolamento social, adotado como medida preventiva ao avanço da Covid – 19.

Nos últimos dois meses foram entregues mais de 1.190 toneladas em cestas básicas que atenderam famílias vulneráveis, profissionais autônomos, taxistas, mototaxistas, assentados, garçons, catadores de materiais recicláveis, artesãos, idosos, estudantes, músicos e muitos outros grupos que se encontram vulneráveis, por conta do isolamento social.

Recursos

Os recursos são advindos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO), baseado na Lei nº 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020, (resolução nº 01/2020 de 31 de março de 2020), que aprovou a destinação de recursos financeiros a Órgão Público Estadual para execução de projeto social com vistas a combater e erradicar a pobreza, através da distribuição de 200 mil cestas básicas à população necessitada.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *