Família de Claúdio Frascari cobra por justiça na morte do filho - Atitude Tocantins
Família de Claúdio Frascari cobra por justiça na morte do filho
Cidades Destaques Notícias Polícia

Família de Claúdio Frascari cobra por justiça na morte do filho

“Estamos arrasados por perder nosso filho que estava trabalhando e, todos sabem que ele era uma pessoa que não tinha nenhum vicio e nunca vi o meu filho bêbado, fumando ou em lugares inapropriados […] Estamos arrasados e esperamos que tenha justiça porque ele saiu bem de casa conversando com a gente e de repente vem a notícia que estava morto”, disse a mãe Ana Maria Frascari sobre a morte do filho por assaltante em uma loja no Centro de Gurupi, mas até o momento ainda não teve solução.  


O latrocínio aconteceu no dia 01 de agosto deste ano quando o fotógrafo chegou, no dia e errada, em uma loja de grife no Centro de Gurupi para fazer algumas imagens, coincidentemente,  no momento em que acontecia um assalto e acabou sendo alvejado com um disparo de arma de fogo nas costas e faleceu no local.

“Uma menina nos falou que ele estava com a mão na cabeça e teria ajoelhado, ficou com a perna virada e o bandido deu um empurrão nele para que ele se ajeitasse direito e daí atirou nele, matou o meu filho e foi embora”, disse a mãe, Ana Maria Frascari.

Desde então, dona Ana Frascari busca resposta da polícia judiciária na apuração dos fatos no sentido de chegar ao autor do disparo, que no ato estava acompanhado de uma mulher.  

Frascari mae 2
“Ele saiu bem de casa conversando com a gente e de repente vem a notícia que estava morto. Não é fácil não!!”, disse a mãe.

“Eles começaram a investigar e dizem que estão trabalhando, mas até agora a gente não tem nenhuma resposta. Eu quero que eles apresentem quem assassinou o meu filho porque não foi nenhum cachorro que morreu, mas foi gente”, relata a mãe.

O caso está sendo investigado pela delegada, Lucélia Maria Marquez Bento, do 1° Distrito Policial, de Gurupi. Ela afirmou ao Portal Atitude que até o momento o autor do crime anda não foi identificado, porém as diligencias continuam até que seja identificado.  

“As investigações estão em andamento e estamos aguardando a conclusão de algumas diligencias que foram requeridas. Infelizmente, até agora não conseguirmos encontrar os suspeitos. Ainda não temos nenhum suspeito. Tudo levar a crer que [casal de assaltantes] eram de outra cidade. Todo mundo está cobrando e estamos fazendo o máximo possível para localizá-los, mas, estou dependendo de uma outra diligencia para ser concluída para ver se conseguimos achar alguma coisa”, disse a delegada.

Segundo a delegada a falta de imagens dos acusados dificulta as investigações. No dia do assalto os marginais arrancaram e levaram todo sistema de vídeomonitoramento da loja.

“Andamos nas mediações em busca de imagens, mas não conseguimos evidenciar, tanto nós como o pessoal da Polícia Militar. A única imagem que poderíamos pegar era de uma clinica que fica em frente, mas a Câmera não estava funcionando”, disse a delegada.

Frascari2a
O fotografo Cláudio Frascari tinha 40 anos quando foi morto.

Desesperançosa, a mãe espera que a sociedade desperte e contribua com informações para que os culpados possam responder pelos crimes.

“E eu acho que as pessoas têm que se sensibilizar porque espero e quero justiça, tanto da parte de Deus como a do homem. A de Deus eu tenho certeza que ele vai fazer, mas agora a do homem eu estou esperando para ver o que acontecer”, relata a mãe.

A mãe relatou ainda que o fotografo Cláudio Frascari tinha bom comportamento, não possuía vícios e  possuiu bons relacionamentos em Gurupi.

“Estamos arrasados por perder nosso filho que estava trabalhando e todos sabem que ele era uma pessoa que não tinha nenhum vicio, pois nunca vi o meu filho bêbado ou fumando ou em lugares inapropriados. Sempre trabalhou com pessoas boas e seus amigos eram pessoas boas que eram o pessoal da Prefeitura, da Unirg e jornalistas. Eram essas pessoas que meu filho tinha mais contato, então estamos arrasados e esperamos que tenha justiça porque ele saiu bem de casa conversando com a gente e de repente vem a notícia que estava morto. Não é fácil não!!”, disse.

Cláudio Frascari era muito querido em Gurupi e já trabalhou como fotografo na Unirg, Prefeitura de Gurupi, em várias campanhas eleitorais e nos últimos anos se dedicou em fotografia de casamentos e de formaturas.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *