Em Gurupi: Envolvidos em morte de Colombiano são condenados no Tribunal do Júri - Atitude Tocantins
Em Gurupi: Envolvidos em morte de Colombiano são condenados no Tribunal do Júri
Destaques Notícias Polícia

Em Gurupi: Envolvidos em morte de Colombiano são condenados no Tribunal do Júri

Em Gurupi: Envolvidos em morte de Colombiano são condenados no Tribunal do Júri
4.9 (98.55%) 69 votes

Os acusados Manoel Henrique Correia Pires, Joaquim Ribeiro, Lucas Pereira Batista e Helena Martins Ribeiro foram pronunciados pela prática do crime homicídio consumado qualificado da vítima Jhowin Holguin Rodrigues. O crime aconteceu em março do ano passado em um bairro de Gurupi, quando a vítima foi morta tiros. Os envolvidos foram presos após investigação feita pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Gurupi.  Os quatro foram condenados a penas, que juntas, chegam a 47 anos de prisão.

Por Régis Caio

Em plenário, a Promotora de Justiça sustentou a ocorrência de homicídio consumado, conforme consta da denúncia. O acusado Manoel confessou a autoria dos disparos, porém, negou ter recebido promessa de pagamento.

A acusada Helena negou participação, contudo, admitiu ter repassado um revólver ao seu pai, Joaquim Ribeiro, conhecido como Beguel.

Joaquim admitiu ter, em sua motocicleta, conduzido Manoel Henrique ao local do crime, bem como propiciando-lhe a fuga após a ação. O homem no entanto negou ter feito promessa de pagamento diretamente ao atirador ou através de terceira pessoa.

Já o acusado Lucas Batista negou qualquer participação, mas a denúncia aponta que a arma utilizada no crime pertencia a Lucas, o qual acabou cedendo para o cometimento do assassinato. Ambos foram condenados no Tribunal do Júri, que aconteceu nesta semana no Fórum de Gurupi.

Penas

Manoel Henrique Correia Pires: Condenado a 20 (vinte) anos de reclusão; Regime Fechado

Joaquim Ribeiro: Condenado a 9 (nove) anos de reclusão; Regime Fechado

Lucas Pereira Batista: Condenado a 10 (dez) anos de reclusão; Regime Semiaberto

Helena Martins Ribeiro: Condenada a 8 (oito) anos de reclusão; Regime Semiaberto

O crime

No dia 21 de Março de 2018, Jhowin Holguin Rodrigues, conhecido como Alejandro, de 20 anos, foi assassinado a tiros em um bar no setor Vila Nova, em Gurupi. O rapaz era da Colômbia e trabalhava como agiota no município.

Vítima foi morta a tiros

De acordo com a Polícia Civil, a vítima chegou ao bar em uma motocicleta e pediu um refrigerante enquanto esperava outra pessoa. Minutos depois o atirador chegou ao local e efetuou os disparos. Os tiros atingiram a barriga e as costas de Rodrigues, que morreu na hora.

Prisões

Uma operação da Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Gurupi, prendeu os quatro suspeitos do crime no ano passado.

De acordo com o delegado Hélio Domingos de Assis, a operação cumpriu quatro mandados de prisão preventiva. Foram detidos o mandante, Joaquim Ribeiro, vulgo “Beguel”, a filha dele, Helena Martins Ribeiro, Lucas Pereira Batista e Manoel Henrique Correia Pires. Este último, foi preso na cidade de Senador Canedo, estado de Goiás. Segundo a polícia, ele foi o autor dos disparos que vitimou o colombiano.

O delegado afirma que Joaquim encomendou a morte de Jhowin porque a mulher do suspeito estava mantendo um relacionamento extraconjugal com a vítima. Dias antes do crime, o mandante tinha flagrado a mulher na companhia do colombiano, em frente a faculdade em que ela estuda. Na ocasião, houve uma briga, com xingamentos e troca de ameaças.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *