Em crítica a saúde, Vicentinho Jr. diz que nas mãos do secretário de saúde "correm sangue de vidas tocantinenses" - Atitude Tocantins
Em crítica a saúde, Vicentinho Jr. diz que nas mãos do secretário de saúde “correm sangue de vidas tocantinenses”
Política Saúde Tocantins

Em crítica a saúde, Vicentinho Jr. diz que nas mãos do secretário de saúde “correm sangue de vidas tocantinenses”

Em crítica a saúde, Vicentinho Jr. diz que nas mãos do secretário de saúde “correm sangue de vidas tocantinenses”
Avalie esse post

A fala do deputado federal Vicentinho Júnior (PR-TO), considerado como principal oposição ao governo do Tocantins, aconteceu durante seu discurso na tribuna da Câmara dos deputados, nesta quarta-feira, 13, em que ele fez duras críticas a saúde do Tocantins sobre morte de pacientes no Hospital Geral de Palmas (HGP), por falta de medicamentos, conforme denúncias feitas pelos médicos que atuam na unidade. O Deputado afirmou que “estas mortes são resultados da ausência de gestão do Poder Público Estadual”. Ele  também fez críticas sobre a polêmica interdição da ponte sobre o Rio Tocantins, em Porto Nacional.

por Redação

O Parlamentar convocou da tribuna da Câmara dos Deputados o secretário estadual da Saúde, Renato Jayme, para apresentar uma agenda de aplicação dos recursos federais destinados pela Bancada Federal à sua Pasta e afirmou: “em suas mãos secretário correm sangue de vidas tocantinenses. Você é o responsável por vidas que estão sendo ceifadas devido a sua má gestão. Uma saúde pública vergonhosa, ausente ao cidadão do meu Tocantins”.

Sobre a situação da Ponte sobre o Rio Tocantins, em Porto Nacional, o Deputado lembrou que o caso é responsabilidade do governo, que por ausência, não conseguiu fazer os seus enquadramentos fiscais e ter acesso ao empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, levando a população a ficar refém de alternativas emergenciais, não ofertadas até o momento.

Sobre a revisão dos incentivos fiscais concedidos aos empresários do Estado, divulgado pela imprensa nos últimos dias, o Deputado Federal salientou ser  um retrocesso para a economia, que reduzirá o poder de competitividade dos comerciantes junto aos empresários de outros estados que contam com o incentivo de seus governos.

E por fim, Vicentinho Júnior, reafirmou sua posição de oposição à gestão de Mauro Carlesse (PHS), que ele intitulou de “um governo de desarranjos”, frisou que será o defensor da população e que continuará trabalhando para levar recursos aos municípios tocantinenses.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *