Depois de muitas denúncias entidades adotam medidas para águas na bacia do Rio Formoso - Atitude Tocantins
Depois de muitas denúncias entidades adotam medidas para águas na bacia do Rio Formoso
Cidades Destaques Estado Formoso Meio Ambiente Notícias

Depois de muitas denúncias entidades adotam medidas para águas na bacia do Rio Formoso

Depois de muitas denúncias entidades adotam medidas para águas na bacia do Rio Formoso
Avalie esse post

“Para você ter uma idéia nesta época do ano a gente andava de barcos para todos os lados. No entanto, já não anda mais por que não tem água. A Fazenda Xavante tem duas bombas ligadas no Rio xavante e uma bomba no Rio formoso”, disse o representante comercial, Euderno Pereira. Na quinta-feira, 14, a Associação dos Produtores do Vale do Rio Urubu (Avau), Naturatins e o Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Formoso publicaram um documento com medidas emergencial durante o período de estiagem na região da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso.

por Wesley Silas


A falta de água no Rio Formoso vem sendo denunciada desde o início do mês passado e, no final do mesmo mês, o Instituto Natureza do Tocantins – NATURATINS chegou a lacrar as bombas que voltara a sugar a água do rio, conforme relata o vendedor autônomo, Euderno Pereira, proprietário de um ranho a beira do Rio Formoso.

O Rio formoso está pedindo Socorro, devido o projeto Xavante está acabando com um rio de tamanho médio. Para se ter uma ideia da situação, no Rio formoso de hoje o nosso rancho não tem mais água. Desse jeito ele vai secar mesmo. É muito triste ver rios deste porte sendo mortos por ação do próprio homem onde as bombas que a Fazenda Xavante tiram a água para irrigar a suas lavouras. Nesta época a gente andava de barcos para todos os lados. No entanto, já não anda mais por que não tem água porque a Fazenda Xavante tem duas bombas ligadas no Rio Xavante e uma bomba no Rio formoso”, explica Euderno. 

Rio Formoso f

Para reduzir o impacto ambiental, a presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, Pedromária Batista de Melo, enviou um comunicado informando os resultados de uma reunião que aconteceu na última quinta-feira, 14, sobre a Medida Emergencial tomada para o uso racional das águas do Rio Urubu e demais rios da região, devido ao período de estiagem, ocorrendo a redução da vazão dos rios e consequentemente a falta de água para as lavouras existentes.

Rio Formoso 1b“Na intenção de recuperar a vazão dos rios, foi acordado entre o Naturatins, Associação AVAU( Irrigantes do Rio Urubu) e Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, em reunião no dia 14-07-2016, o desligamento das bombas em 15-07-2016 (sexta-feira) à partir das 09:00 horas e o ligamento das bombas em 17-07-2016 (domingo) às 21:00 horas. Sendo que a partir do dia 17-07-2016 até o final desta safra, as bombas somente deveram ser ligadas nos horários de 21:00 às 09:00 horas”, informa o comunicado.

Além do comitê, também participaram da reunião Associação dos Produtores do Vale do Rio Urubu (Avau) e Naturatins.

“Contamos com a colaboração de todos os usuários de água do Rio Urubu e região, para que possamos recuperar a vazão dos rios e garantir o final da Safra existente, sem maiores danos ao meio ambiente e aos irrigantes. Em caso de dúvidas, a comunidade poderá obter mais informações, entrando em contato com a Gerência de Recursos Hídricos do Naturatins, por meio do telefone 63 3218-2644 ou do e-mail [email protected] Denúncia de crimes ambientais, use o canal sigiloso do Instituto por meio do Linha Verde 0800 63 1155, todos os dias”, informou o Naturatins.

VEJA O QUE JÁ PUBLICAMOS SOBRE ESTE ASSUNTO:


Imagens da Semana: Rio Formoso seco e emas próximas ao Centro de Gurupi

Naturatins lacra bombas e embarga barreiras nos rios Formoso e Xavante

 

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *