Covid-19: passeios em praias, parques e cachoeiras devem ser evitados como medida de proteção, diz especialista - Atitude Tocantins
Covid-19: passeios em praias, parques e cachoeiras devem ser evitados como medida de proteção, diz especialista
Cidades Destaques Notícias Palmas

Covid-19: passeios em praias, parques e cachoeiras devem ser evitados como medida de proteção, diz especialista

A especialista em Medicina de Família e Comunidade da Fesp, Andréia Zanon, reforça que a recomendação dos órgãos de saúde é para que as pessoas permaneçam em casa e evitem qualquer tipo de aglomeração
Mesmo com as medidas restritivas orientadas pelos órgãos de saúde para noevitar a propagação da Covid-19, observa-se que, nos fins de semanas, muitas pessoas continuam frequentando normalmente pontos turísticos, como praias e parques da Capital. No entanto, especialistas reforçam que a recomendação é para que as pessoas permaneçam em casa, sempre que possível, e evitem qualquer tipo de aglomeração.

Por Redação

De acordo com a médica especialista em Medicina de Família e Comunidade da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp), Andréia Zanon, por mais que sejam ambientes abertos e arejados, praias, parques e cachoeiras devem ser evitados, principalmente nesta fase em que se constata o aumento de casos confirmados de Covid-19 na Capital.

Faixa de areia, restaurantes da praia da graciosa

A médica explica que o problema não é só o ambiente, já que não há evidências científicas que comprovem a disseminação do vírus pela água ou areia, mas a reunião de muitas pessoas no mesmo lugar. “Ambiente com mais de dez pessoas deve ser evitado. Precisamos tentar diminuir ao máximo as chances de contágio. Ir a estes ambientes é mais um risco a que nos expomos, além de colocarmos em exposição os nossos familiares e as pessoas que convivem conosco”, enfatiza.

A especialista reforça que o ideal seria que as pessoas evitassem sair de casa, porém algumas precisam de fato sair para trabalhar, ir ao mercado, farmácia. “Pelo atual momento que a cidade está enfrentando o ideal é não sair de casa. Considerando que a pessoa precise de fato sair, algumas medidas devem ser adotadas, como evitar locais que não tenha uma boa ventilação, manter distância de outras pessoas, fazer o uso da máscara de forma correta, escolher dias e horários com menor movimentação de pessoas nos ambientes, fazer o uso do álcool em gel e sempre que possível lavar as mãos”, orienta lembrando que se todos os cuidados forem seguidos para manter o isolamento social, mesmo ao sair, teremos mais sucesso nesta batalha.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós