Carnaval de Gurupi ganhará novo Documentário - Atitude Tocantins
Carnaval de Gurupi ganhará novo Documentário
Cidades Cultura Destaques Educação Entretenimento Gurupi (TO) Notícias Videos

Carnaval de Gurupi ganhará novo Documentário

Carnaval de Gurupi ganhará novo Documentário
Avalie esse post

 “Então, os empresários gurupienses que desejarem participar da produção terão sua empresa colocada dentro do documentário, na forma de publicidade indireta. Um exemplo desse tipo de publicidade está bem clara na versão 86 de “Gurupi Or Not Gurupi”, quando a CASA MONTE LÍBANO aparece como fundo para um grupo de foliões que dançam na chuva, ou seja, a cena poderia ter mostrado outro lugar da avenida Goiás, mas não, o cenário de fundo mostra uma empresa que colaborou financeiramente com o documentário, então foi um investimento barato que ainda está valendo 32 anos depois” comenta o cineasta Hélio Brito sobre novo documentário “Gurupi Or Not Gurupi” que será lançado em maio de 2019.

por Redação

Em 1986 o gurupiense radicado em Goiânia Hélio Brito, na época com 23 anos de idade, produziu um documentário sobre o Carnaval de Gurupi intitulado “Gurupi Or Not Gurupi”, título inspirado na famosa frase de William Shakespeare “to be or not to be” que significa “ser ou não ser”. Esse documentário foi disponibilizado no Youtube há 05 anos e desde então é sucesso todos os anos, quando o carnaval de Gurupi se aproxima. 

Segundo Hélio Brito, a produção desta obra contou, na época, com o apoio da Prefeitura de Gurupi, da Universidade Católica de Goiás, e de alguns empresários gurupienses.

 

Título: “Gurupi Or Not Gurupi – 2016”.

Documentário de 25 minutos, para Televisão e Internet.

SINOPSE: A História do Carnaval de Gurupi, de Nego Baé aos dias atuais, passando por todos os Blocos e Escolas de Samba do passado, pelo Bar Boa Sorte e pelo Clube Recreativo Araguaia, contada pelos principais expoentes dessa tradição gurupiense.

Roteiro, Produção e Direção: Hélio Brito.

Hélio Brito voltou para o Tocantins nos anos 90, e de lá para cá tornou-se o Cineasta tocantinense mais premiado em todo o Brasil, com várias obras exibidas em rede nacional de televisão e até em Festivais Internacionais de Cinema. Seu último filme de ficção,  produzido em 2018 “A massa que faz o pão”, ganhou o prêmio de Melhor Filme (jurí popular) no último Festival de Cinema e Vídeo do Tocantins (Chico 2018).

Hélio Brito no Documentário Araguaia para Sempre. Foto: Divulgação.

Radicado em Palmas desde 1997, agora Hélio Brito está de volta a Gurupi para produzir um novo documentário sobre o Carnaval da capital da amizade, contando a história da folia nesta cidade, dos primórdios com “Nego Baé” até os dias atuais. O cineasta pretende, inclusive, reconstituir, neste novo documentário, a cena inicial do carnaval gurupiense, do início dos anos 60, quando Nego Baé e sua banda subiram a avenida Goiás com um pequeno grupo de homens e mulheres pra lá de animados. Hélio Brito garante que esse novo documentário será menos anárquico do que o primeiro, porque terá uma abordagem histórica, porém, sem deixar de ser carnavalesco.

ESTRATÉGIA DE PRODUÇÃO

Segundo Hélio Brito não é barato produzir um documentário deste naipe, com 25 minutos de duração, para ser exibido em todo o Brasil e, por meio da Internet, levar o nome de Gurupi a todos os quadrantes do planeta, ad infinitum (para sempre). Com toda sua experiência em produções audiovisuais, o cineasta aposta na parceria da sua Empresa Produtora, com a Prefeitura de Gurupi e com o empresariado da cidade. A palavra mágica se chama “merchandising”, que é um tipo de publicidade indireta, muito utilizada em filmes e novelas (exemplo: garrafa de coca-cola no jantar da família).

Hélio Brito dirigindo Vera Fischer em comercial

“Então, os empresários gurupienses que desejarem participar da produção terão sua empresa colocada dentro do documentário, na forma de publicidade indireta. Um exemplo desse tipo de publicidade está bem clara na versão 86 de “Gurupi Or Not Gurupi”, quando a CASA MONTE LÍBANO aparece como fundo para um grupo de foliões que dançam na chuva, ou seja, a cena poderia ter mostrado outro lugar da avenida Goiás, mas não, o cenário de fundo mostra uma empresa que colaborou financeiramente com o documentário, então foi um investimento barato que ainda está valendo 32 anos depois. Se você é empresário e gostaria de participar do documentário como um dos Patrocinadores, mande mensagem para o Whatsapp (63) 99241-1602 que alguém da equipe de produção irá retornar. Pode ter certeza que não vai se arrepender, pois estarás investindo em conteúdo qualificado, de cunho histórico, que será visto e revisto por várias gerações ao longo das próximas décadas” disse Hélio Brito.

 “Gurupi Or Not Gurupi – 2016” será lançado em maio de 2019.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *