Briquetins, de Gurupi, fica entre as cinco empresas vencedoras do Prêmio FIETO de Inovação - Atitude Tocantins
Briquetins, de Gurupi, fica entre as cinco empresas vencedoras do Prêmio FIETO de Inovação
Destaques Dica de Negocio Economia Emprego Estado Notícias

Briquetins, de Gurupi, fica entre as cinco empresas vencedoras do Prêmio FIETO de Inovação

Briquetins, de Gurupi, fica entre as cinco empresas vencedoras do Prêmio FIETO de Inovação
Avalie esse post

A Briquetins foi a única empresa a representar Gurupi em meio a 47 empresas inscritas em todo Estado, sendo 32 empresas de Palmas, 08 de Araguaína, 03 de Porto Nacional. A  Briquetins produz uma lenha sustentável a partir da casca de arroz, conhecida como briquetes, considerado um produto inovador para a geração de energia.

por Redação

As ações de inovação desenvolvidas pelas empresas tocantinenses Pamonharia Paraíso (1ª colocada), Da Família (2ª colocada), Artemsite (3ª colocada), Radinfo (4ª colocada) e Briquetins (5ª colocada) foram reconhecidas na cerimônia de entrega da 2ª edição do Prêmio FIETO de Inovação realizado pela Federação das Industrias na noite da última quinta-feira, 17/10, em Palmas.

Empresários das 47 empresas inscritas na premiação participaram da solenidade. Os vencedores, em ordem de colocação, ganharam um iMac, um iPad Pro, um iPhone XS, um iPhone XR e um iPad Mini. O objetivo do Prêmio FIETO de Inovação é premiar e incentivar a cultura da inovação nas empresas, o que segundo o presidente da FIETO, Roberto Pires, já se tornou um pré-requisito para as que querem se destacar no mercado.

“Os empresários precisam encarar a inovação como um importante fator de evolução do seu negócio. É por meio da inovação que o empresário pode reduzir custos, criar novas oportunidades e fazer com que seu negócio se torne mais competitivo. O Prêmio FIETO de Inovação reconhece as novidades que empresários estão trazendo para o mercado e também estimula o segmento industrial a inovar cada vez mais”, avaliou Pires.

Representando o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, o secretário da pasta de Indústria, Comércio e serviços, Ridovaldo Chiareloto, falou sobre a importância do Estado na promoção da inovação que, segundo ele, “precisa fazer sua parte”. “O desenvolvimento se dá também com inovação no Governo. O empresário sozinho não faz, o Governo não pode atravancar o trabalho do micro e pequeno empresário e da iniciativa privada que é quem gera emprego e renda”, disse.

O desafio de inovar na gestão pública também foi comentado pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro. “É preciso ousar e desafiar, construir novos conceitos e formas de se relacionar com um público cada vez mais consciente de seus direitos. Temos pessoas elaborando produtos com tecnologia de ponta para trazer melhorias em nossas ferramentas de arrecadação, de contas e governança, desde a troca de uma lâmpada à abertura de um serviço simples de roçagem. Inovação é isso”, exemplificou.

Uma banca julgadora fez a avaliação das ações e projetos descritos pelas empresas inscritas visando diagnosticar o nível de aderência às melhores práticas de inovação. Uma das proprietárias da empresa campeã da noite, a Pamonharia Paraiso, a empresária Mônica de Oliveira contou que foi auxiliada por instituições como a FIETO para trilhar o caminho da inovação ao perceber essa necessidade quando passou a atender mais clientes.

“Foi uma necessidade que eu senti de inovar e melhorar para o nosso cliente continuando com um produto que mantivesse a qualidade. Tivemos que buscar essa maneira de trabalhar melhor, de dar qualidade para os funcionários e para o meu cliente. E a gente ser reconhecido é muito bom porque a gente vem de uma luta diária e com muito amor, amor da família”, disse sobre a premiação após realizar ações como a criação de um núcleo com a participação e colaboradores para discutir o tema e inovações na marca, ampliação do mercado consumidor e estratégias de venda.

Compuseram a banca avaliadora a FIETO, o SENAI/TO, SESI/TO, a Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Serviços, SEBRAE/TO, UFT e UNITINS. A cerimônia contou ainda com apresentação do palestrante Omar Hennemann e do case de sucesso da empresa finalista do Prêmio Nacional de Inovação, MRV Engenharia, pelo gerente de Trade e Marketing, Fernando Nunes.

Saiba mais sobre as empresas vencedoras:

1º lugar: Pamonharia Paraíso

A criação de um núcleo de inovação impulsionou a participação dos colaboradores na melhoria do processo produtivo. Com este auxílio coletivo e de consultorias especializadas, conseguiu resultados como o crescimento da produtividade por meio da diminuição da ociosidade. As oficinas de ideias realizadas com o Núcleo de Inovação resultaram na criação de novos produtos no portfólio. Para incentivar as vendas, a inovação entrou na estratégia de marketing modernizando toda sua identidade visual, desde a logomarca até as embalagens, instituindo o mascote da marca e ampliando sua visibilidade por meio das redes sociais.

2º lugar: Da Família

Fabricante de cordas a partir de materiais recicláveis, a empresa Da Família formou um núcleo de inovação que reúne integrantes desde a liderança até o chão de fábrica para o levantamento de ideias por meio de ações como a jornada de inovação. Aproveitando as oportunidades de negócios trazidas pela Copa do Mundo de 2018, a empresa lançou uma corda para varal com o trançado colorido. Nos processos, a inovação do núcleo se deu na instituição de um programa de manutenção preventiva e a troca de peças que resultaram na melhoria da produtividade do maquinário.

3º lugar: Artemsite

Desenvolvedora do site de compras coletivas Tônolucro, a Artemsite evoluindo para um aplicativo de alimentos delivery pioneiro no estado.  Atualmente, o Tônolucro utiliza uma estratégia de experimentação contínua para ampliar sua área de atuação que resultou em novidades como o projeto “Tô na Feira”. Os usuários do aplicativo que já reunia restaurante e outros estabelecimentos da área de alimentação agora têm acesso a compra dos produtos de feiras populares da capital.

4º lugar: Rad Informática

Empresa do ramo de tecnologia da informação, a RAD Informática automatizou o compartilhamento de tarefas ao desenvolver uma agenda on line (Albert) que reúne as principais informações, ocorrências e checagens mais relevantes da empresa integrada com o celular. O sistema permite o monitoramento constante dos compromissos e a resposta imediata do andamento que será dado, além de contar com uma base de conhecimento que formula respostas e soluções embasadas nas dúvidas e dificuldades dos clientes.

5º LUGAR: Briquetins

Ao produzir briquetes, uma lenha sustentável a partir da casca de arroz, a Briquetins disponibiliza um produto inovador para a geração de energia. Ao unir inovação e sustentabilidade, a empresa transforma a sobra e a falta de destinação da casca de arroz em um produto inovador. Em sua fabricação a inovação está presente em maquinários desenvolvidos para automatização do processo que pode ser executado 24 horas por dia, sete dias por semana, sem interrupções.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *