Acusados pela morte do fotográfo Cláudio Frascari não serão julgados pelo Tribunal do Juri - Atitude Tocantins
Acusados pela morte do fotográfo Cláudio Frascari não serão julgados pelo Tribunal do Juri
Destaques Notícias Polícia

Acusados pela morte do fotográfo Cláudio Frascari não serão julgados pelo Tribunal do Juri

Por serem acusados de latrocínio, roubo seguido de morte, João Fiel Neto, de 35 anos, e Nurianne Stefhany Correia Aragão, de 21 anos, acusados pela morte do fotografo Cláudio Frascari em agosto de 2016, serão julgados pelo um juiz singular da 3ª Vara Criminal do Fórum de Gurupi.

por Wesley Silas


O juiz substituto da 3ª Vara Criminal de Gurupi, Elias Rodrigues dos Santos, irá ouvir às 14h desta quarta-feira, 24, uma testemunha e colher interrogatórios de João Fiel e Nurianne Stefhany, acusados por latrocínio. Eles foram presos no estado de Goiás em setembro de 2017  e encaminhados para Gurupi, onde estão presos.

João Fiel e Nurianne Stefhany, acusados pelo latrocínio do fotografo Cláudio Frascari.

Conforme apurou o Portal Atitude, após a interrogações desta quarta, se as partes não requerer novas diligências, abre-se vista para o Promotor de Justiça e, em seguida às defesa apresentar as alegações finais. Depois o processo seguirá para o magistrado para proferir a sentença, cuja a pena varia entre 20 e 30 anos de reclusão.

Entenda

O crime aconteceu no fim da tarde do primeiro dia de agosto de 2016, um casal teria entrado em uma loja do centro de Gurupi, se passando por clientes, chegaram a experimentar roupas antes de anunciar o assalto. Cláudio entrou na loja quando o crime já acontecia. O fotógrafo foi atingido por um tiro nas costas e morreu na hora, o casal fugiu em um carro preto, o mesmo veículo que foi apreendido durante a prisão de João Fiel em Minas Gerais.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *