Acig contesta Adetuc em relação aos números da hotelaria no carnaval de Gurupi - Atitude Tocantins
Acig contesta Adetuc em relação aos números da hotelaria no carnaval de Gurupi
Destaques Gurupi (TO) Notícias

Acig contesta Adetuc em relação aos números da hotelaria no carnaval de Gurupi

Acig contesta Adetuc em relação aos números da hotelaria no carnaval de Gurupi
Avalie esse post

A Associação Comercial e Industrial de Gurupi (Acig), por meio de uma checagem na rede de hotelaria do município, contestou os números apresentados e divulgados pela Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) de que a rede hoteleira de Gurupi arrecadou R$ 1.360.000 durante o carnaval. 

Por Régis Caio

A reportagem publicada no último dia 13 no Portal Atitude mostra que segundo dados da Polícia Militar do Estado (PM) e da Adetuc, 200 mil pessoas movimentaram a cidade durante  três dias de festa e os 1.700 leitos da rede hoteleira foram 100% ocupados. O valor médio da diária de hotel em Gurupi no período de carnaval foi de R$ 200,00, sendo a arrecadação diária de R$ 340.000 e a arrecadação total no período de R$ 1.360.000.

Seguindo o presidente da Acig, Adailton Fonseca, essas informações apresentadas com relação as hotelarias não condiz com a realidade. “Fizemos através da Acig esta checagem em todos os hotéis de Gurupi, com informações precisas e prestadas pelos proprietários ou por pessoas que trabalham diretamente nos negócios, pois conhecemos
a realidade de Gurupi e sabíamos que a informação divulgada pela Adetuc na matéria do dia 13 não condizia com a realidade”, disse Adailton.

O presidente da Acig destacou ainda que as informações apresentas mostram desconhecimento da área. “Informações com esse baixo nível de qualidade, apresentadas por um órgão público responsável pelo setor, mostra desconhecimento da área e prestam um desserviço à comunidade, dificultando a identificação dos problemas que devemos enfrentar, com consequências negativas na própria atividade econômica, como no exemplo do preço médio de 200 reais, apresentado na matéria por leito de nossa rede, causando confusão entre os conceitos de quartos e leitos, induzindo a um preço absurdo para os quartos, pois geralmente possuem dois leitos, com isso afugentando futuros hóspedes, pois seríamos os mais altos preços em hotelaria do Estado, o que absolutamente não é verdade, pois nosso preço médio é de menos de 110 reais por quarto”, questionou.

Já o presidente da Adetuc, Tom Lyra, disse que todos os dados apresentados são verídicos, com base em informações da Polícia Militar juntamente com a prefeitura de Gurupi e pela Associação Brasileira da Industria Hoteleira (ABIH). “Acho até estranho um presidente de uma associação como a Acig ter esse desconhecimento, ele precisa se situar sobre o aspecto geral da oferta de leitos, não estou falando somente da oferta hoteleira, mas sim de acomodação de forma generalizada, como por exemplo casas alugadas e outros meios”, disse Tom Lyra.

Deixe Sua Opinião Ela é Importante Para Nós

Tags

Sobre o Autor

Atitude Tocantins

Ao desenvolvermos as seções de Agronegócio, Cidades, Opinião, Social, Cultura, Educação e Esporte, Meio Ambiente e Política procuramos atender a necessidade do público em ser informado sobre os acontecimentos locais, regionais ou próximos à comunidade.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *